O fim da tarde desta quinta-feira (3) se aproximava e a pequena Emelly Vitória da Silva, de 9 anos, aguardava ansiosamente pela aula virtual da turma de Coral do Abrindo Caminhos, programa social da Assembleia Legislativa de Roraima. Esta foi a primeira aula que a menina acompanhou ao vivo por uma plataforma de videoconferência.

 

A ansiedade de Emelly tem mais um motivo. Ela e os colegas de turma vão gravar um videoclipe para a música “Negro Gato”, do cantor Roberto Carlos. “É bem diferente, eu não estava acostumada. Eu fazia aulas presenciais, com o professor ajudando, falando como a gente tinha que fazer”, explicou.

A aula, transmitida ao vivo pela internet, foi agendada para orientar os alunos e tirar as dúvidas dos familiares, que foram convidados para auxiliar as crianças e adolescentes. O pai da menina, Cássio Silva, destacou que a filha ficou feliz com a novidade. “Ela ficou de olho no celular para saber se já tinha chegado o link da aula virtual”. 

 

Mais de 40 alunos vão participar do videoclipe. De casa e pelo celular, cada um vai gravar a canção em vídeo e enviar o material para os professores. “É um grande desafio. Foi a forma que a gente encontrou de não parar as nossas atividades e também de nos aproximarmos dos alunos”, comentou a maestrina Kastorijane Oliveira. De acordo com ela, os vídeos serão editados e a expectativa é divulgar o resultado final dentro de uma semana. 

 

Esse é o terceiro videoclipe do coral do Abrindo Caminhos produzido de forma remota. Dessa vez, 40 alunos participaram da atividade. O primeiro vídeo foi uma interpretação do clássico regional “Makunaimando”, do trio Roraimeira. A segunda canção gravada foi “Maraviha Viver”, versão em português para “What A Wonderful World”, do cantor de jazz Louis Armstrong. A letra traz uma mensagem positiva e foi escolhida para ajudar na adaptação ao distanciamento social. 

 

Com a chegada do novo coronavírus a Roraima, o programa Abrindo Caminhos precisou suspender as aulas presenciais como medida de prevenção. Desde então, os alunos têm aulas pela internet. Cada modalidade fez as adequações necessárias. As turmas recebem as videoaulas por aplicativo de celular e a cada semana os encontros ocorrem ao vivo por plataformas de videoconferência.

Texto: Otacílio Monteiro

Fotos: Eduardo Andrade

SupCom ALE-RR