A dança sempre foi a paixão da jovem Ana Carolina Souza. Com o distanciamento social, a família dela fez mudanças na casa para continuar treinando os passos de jazz. Para ter mais espaço, ela afastou os móveis e colocou um tapete, transformando a sala de casa em um verdadeiro salão de dança.

Ela é aluna do Abrindo Caminhos desde de 2018, e antes da pandemia tinha suas aulas todas às sextas-feiras pela manhã. Hoje em dia, ela acompanha as aulas virtuais enviadas pelo professor.

Apesar das dificuldades no novo cotidiano, Ana falou sobre a importância da dança em sua vida. “A dança é minha paixão, é a forma como me expresso. Eu quero muito continuar na dança e poder dar aulas futuramente”. Ela tem 14 anos e se dedica à dança desde os sete.

O professor Well Souza, responsável pelas aulas de dança do Abrindo Caminhos, explica como está ministrando as aulas para os alunos no período da pandemia. “ No início eu enviava as aulas por vídeo aos pais. Em maio decidi realizar as aulas virtuais pela plataforma Zoom, e desde então tenho observado um bom retorno em movimentos e mais clareza nos passos”.

Well ainda destaca que apesar da situação adversa devido à pandemia, tem notado um esforço coletivo dos pais e alunos na participação das aulas. Atualmente nas aulas de Jazz do Abrindo Caminhos, da Assembleia Legislativa estão matriculados 160 crianças e jovens em duas turmas de 5 a 9 anos e 10 a 17.

Texto: Bruna Gomes

Foto: Eduardo Andrade

SupCom ALERR