Há dois anos, entrava pelas portas do Núcleo da Assembleia Legislativa em Alto Alegre, o tímido Jonas da Silva. Na época, a mãe dele passava por problemas de saúde e estava perdendo a visão, e foi no programa Abrindo Caminhos que ele encontrou um motivo para se alegrar e animar a família. Hoje com 11 anos, o menino é um destaque nas aulas de música por ser talentoso e dedicado.

“Eu me sentia bem triste, mas quando eu comecei no programa, o que eu aprendia aqui eu levava pra casa e tocava pra ela, e isso a deixava feliz e me alegrava também. Além disso, quando eu chegava triste aqui, os professores e colegas me animavam e ajudavam a pensar positivo.”

O professor de violão, Ismael Sousa, explica que quando Jonas chegou, era bastante tímido, mas ao decorrer das aulas foi evoluindo, e hoje faz parte da orquestra junto com os melhores alunos da modalidade. “Quando ele já estava mais seguro, começou a ajudar os colegas que tinham dificuldade. Ele é muito esforçado e dedicado e acabou também se tornando o meu ajudante”.

Para Jonas, as aulas trabalham não só o aprendizado das técnicas para ser um bom músico, mas também lições de disciplina e caráter. “O que eu aprendo aqui, eu levo pra minha vida, pra escola e para outros lugares. Antes eu só ficava em casa, não fazia nada e aqui eu tenho a oportunidade de ser melhor.”

Orgulhoso do filho, Gerson Barreto conta que Jonas é quem faz a trilha sonora para os momentos em família. “Onde moramos não há muito coisa para fazer, então é muito emocionante para nós vermos o desenvolvimento dele, saber que ele tem a oportunidade de aprimorar o seu talento. Quando nos reunimos e ele começa a tocar e todos ficam emocionados.”

Com o conhecimento adquirido no Abrindo Caminhos, Jonas quer ajudar outras pessoas.  “Eu pretendo, se Deus quiser, um dia me tornar um músico e ensinar outras pessoas também.”

Texto: Bárbara Araújo

Foto: Eduardo Andrade

SupCom ALE-RR