Pular para o conteúdo

Assembleia promove Conferência Estadual da Família Cristã nesta terça-feira, 28

Com foco na preservação da família cristã, a Comissão de Direitos da Família, da Mulher, da Criança, do Adolescente e Ação Social, da Assembleia Legislativa de Roraima, juntamente com a Frente Cristã em Defesa da Família, OMER (Ordem dos Ministros Evangélicos de Roraima) e OMEBE (Ordem dos Ministros Evangélicos do Brasil e Exterior), realiza a I Conferência Pública Estadual da Família Cristã. Será nesta terça-feira, 28, no plenário Valério Magalhães, das 8h às 14h.

Nesta conferência, representantes de segmentos religiosos e do Poder Legislativo irão discutir sobre a criação do Conselho Estadual da Família Cristã, homologação dos conselhos municipais da Família Cristã, além de apresentação do projeto de lei nº 131/17, de autoria dos deputados Mecias de Jesus (PRB) e Ângela Águida Portella (PSC), que proíbe atividades pedagógicas sobre conceito de ideologia de gênero na grade escolar pública estadual e privada.

Segundo a presidente da Comissão, deputada Ângela Águida Portella, a proposta desta primeira Conferência é mostrar a participação das famílias, das igrejas, na construção de políticas públicas direcionadas a preservação da família tradicional. “Amanhã será a culminância com a conferência estadual e também a criação do Conselho Estadual da Família Cristã para que possamos dar voz, vez e representatividade pra mais essa camada da sociedade que vem apresentando demandas e precisamos respeitá-las”, comentou a parlamentar.

O diretor de Comunicação da OMER e OMEBE, pastor Rômulo Xavier, explicou que neste encontro, com duração aproximada de seis horas, conselhos municipais apresentarão propostas para elaboração de políticas públicas para construção do Conselho Estadual.

“Entendemos que a Constituição do Brasil traz a defesa para nós famílias cristãs e, com isso, traremos toda uma proposta coletada nos municípios na representação das famílias, ou seja, cada conferência municipal estava ali representada às famílias católicas, da renovação carismática, famílias evangélicas e até mesmo uns se apresentaram sem nenhuma denominação religiosa”, reforçou. Conforme o pastor, Roraima é o primeiro estado brasileiro a realizar uma conferência sobre esse tema.

Yasmin Guedes

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0