Aproximadamente 40 atletas da modalidade de Jiu-Jítsu do programa Abrindo Caminhos de Alto Alegre participaram na noite de quinta-feira (3), de um evento de graduação e troca de faixa, no Núcleo da Assembleia Legislativa daquele município.

Com 14 campeonatos, todos com medalhas, sendo quatro pelo Abrindo Caminhos, a atleta Gabriela Brito, 15 anos, passou para faixa amarela. Essa troca, segundo ela, tem um significado importante e representa que daqui pra frente terá que se esforçar mais. “É uma nova fase, são novos treinamentos e a mudança traz mais dificuldades”, complementou.

Matriculada no Abrindo Caminhos há um ano, a garota revelou que o programa trouxe resultados positivos para comunidade. Antes, treinava em uma academia particular, mas com o aumento do valor das mensalidades, foi preciso buscar alternativas para continuar com os treinos.

Cauã de Souza, 10 anos, saiu da faixa branca para a amarela. Dentre as atividades esportivas oferecidas pelo programa, a que mais chamou a atenção do menino foi justamente o Jiu-Jítsu. “Não me dei bem com nenhuma outra”, revelou. Com três medalhas no currículo esportivo, contou que não pretende largar o esporte ‘tão cedo’. Além das técnicas aprendidas no tatame, Cauã destacou outros pontos em que evoluiu. “O respeito e meu comportamento que levo para o dia a dia”, pontuou.

O instrutor da modalidade em Alto Alegre, Leandro Pacheco, informou que a graduação e troca de faixa acontece a cada seis meses, conforme define a CBJJ (Confederação Brasileira de Jiu-Jítsu). “Muitos vão mudar da branca para amarelo, da amarela para laranja, da laranja para verde e da verde para azul”, disse ao ressaltar que muitos ficaram ansiosos com a mudança. “Vários aqui nunca foram graduados e tem criança graduadas pela primeira vez”, comentou.

A ida do esporte resultou em vários outros fatores positivos para a comunidade. “Aqui a gente treina e isso gera curiosidade nas outras crianças, cada vez mais as crianças estão procurando para treinar o jiu-jítsu que é uma arte suave e isso é bom para disciplina da criança”, frisou Pacheco.

Em abril deste ano, o Jiu-Jítsu do programa Abrindo Caminhos em Alto Alegre conquistou 10 medalhas de ouro no Campeonato Open Roraima de Jiu-Jitsu, na categoria Kids, para crianças e adolescentes de 4 a 17 anos.

Por Yasmin Guedes

SupCom/ALE-RR