Instituição promove o acompanhamento jurídico, psicológico e social da mulher e da família envolvida na violência doméstica, além de trabalhar na prevenção

O Chame (Centro Humanitário de Apoio à Mulher) está completando 10 anos de funcionamento em agosto, e como parte da programação de aniversário, a instituição realizará ações em quatro municípios: Rorainópolis, Caracaraí, Mucajaí, e Alto Alegre. Os atendimentos iniciam nesta terça-feira (06) e encerram no próximo dia 23 de agosto, em Boa Vista, com uma sessão comemorativa na Assembleia Legislativa.

Conforme a coordenadora do Chame, Elizabete Brito, a programação será levada aos municípios que têm o Núcleo da Assembleia Legislativa. A ação contará com música, dança, sorteio de brinde e um bolo para cantar o tradicional parabéns. Nestes momentos, a serão apresentados os serviços ofertados pela unidade.

“A gente faz durante todo ano ações levando atendimento psicológico, jurídico e social. Por isso, nesse mês de agosto, separamos este momento para confraternizar com a população”, explicou ela.

O que é o Chame?

Coordenado pela Procuradoria Especial da Mulher, o Centro Humanitário de Apoio à Mulher – Chame, é uma iniciativa da Assembleia Legislativa de Roraima criado em 18 de agosto de 2009 para promover o acompanhamento jurídico, psicológico e social da mulher e da família envolvida na violência doméstica.

A unidade funciona das 8h às 18h na rua Coronel Pinto, 524, Centro. Os atendimentos também são feitos pelo Zap Chame através do número 98402-0502. Outras informações pelo telefone 3623-2103.

Programação

Dia 06 – Ação Itinerante Rorainópolis

Dia 07 – Ação Itinerante Caracaraí

Dia 12- Ação Itinerante Mucajaí

Dia 16 – Ação Itinerante Alto Alegre

Dia 23 – Sessão Comemorativa aos 10 anos do Chame, no plenário da Assembleia Legislativa

Texto: Bárbara Araújo

Foto: Alex Paiva

SupCom ALE-RR