A decisão sobre a carreira a seguir pelo resto da vida é uma das primeiras grandes responsabilidades que o jovem precisa enfrentar quando está entrando na vida adulta. Para os adolescentes que participam das atividades do programa Abrindo Caminhos, essa missão ganhou um reforço: a experiência de quem já passou pela vida acadêmica e hoje está no mercado de trabalho.

O curso de Ciências da Computação é a escolha de Yan Andrade, de 17 anos. O jovem participa das aulas de teatro desde o início deste ano, e mesmo com a escolha da profissão já acertada, gostou de conhecer as experiências. “Conheci sobre muitas coisas que eu não sabia e que vou poder aplicar pra mim e para estar mais tranquilo na hora de fazer o vestibular”, explicou.

Entre os profissionais que trocaram experiências com os jovens está o advogado Luís Fernando Lima. “Eles se sentem mais capacitados para enfrentar as dificuldades e limitações do dia a dia, para conquistar os objetivos pessoais de cada um deles”.

Quem também falou mais sobre a profissão foi a professora Lucélia Santos, que tem mestrado na área de Gestão Hospitalar. “É uma oportunidade para nós também, porque estamos contribuindo para o ensino e aprendizagem de uma geração que está indo agora para o ensino superior e posteriormente serão os profissionais que estarão aqui com a gente. Espero que eles tenham sucesso na área que escolherem”, comemorou.

Os adolescentes também puderam conhecer um pouco mais com a jornalista Camila Dall”Agnol e com a fonoaudióloga Aline Mesquita. Pelo menos 80 jovens participaram da manhã de conversa com os profissionais. Entre eles, Kaily Fernandes. Cursando teatro no Programa Abrindo Caminhos há três anos, ela começa este ano a prestar o PSS (Processo Seletivo Seriado), que ao longo do Ensino Médio, avalia os estudantes que desejam entrar para o Ensino Superior.

“Por mais que a gente tente se inteirar sobre o assunto, surgem algumas dúvidas que podem ser esclarecidas aqui. Eu quero cursar Direito ou Artes Cênicas e acho bem importante a gente começar a pensar no futuro desde agora”, comentou a jovem.

Abrindo Caminhos

O programa Abrindo Caminhos oferece aulas gratuitas de balé, ginástica rítmica, coral, jazz, teatro, jiu-jítsu, futebol e informática. Localizada na avenida São Sebastião, nº 883, bairro Cambará, a instituição atua não apenas no aprendizado dessas atividades, mas também preparando os jovens para o futuro.

“A intenção é despertar neles um interesse profissional, esclarecer, tirar dúvidas sobre processos seletivos das várias Universidades daqui. Nessa idade são muitos questionamentos, e trazendo os convidados nós proporcionamos que eles conheçam sobre as profissões e saibam das dificuldades que a gente encara. Esperamos que eles possam fazer novas descobertas a partir desse trabalho”, concluiu Viviane Lima, diretora do Abrindo Caminhos.

Texto: Johann Barbosa

Foto: Alex Paiva

SupCom ALE-RR