Um buraco se transformou em uma verdadeira cratera no cruzamento das ruas José Cassimiro da Silva com S-21, no bairro Senador Hélio Campos, e tem tirado o sossego dos moradores daquela região. Cansados da ausência da falta de respostas do Poder Público, um denunciante procurou o programa Fiscaliza Roraima, durante a ação Assembleia Tá na Área, no sábado (19), no Campo do Cachorrão. Nesta segunda-feira (21), a equipe da Assembleia Legislativa foi ao local para averiguar o fato e encontrou um buraco tomando quase toda a largura da via.

O problema começou há quatro meses, com o rompimento de uma rede de esgoto, e desde então, a situação se agrava e acidentes já ocorreram no local. De acordo com a aposentada Marlene Oliveira Lopes, há poucos dias um motociclista caiu no buraco, sofreu várias lesões e, inclusive, quebrou uma perna e a clavícula. “Ligamos para a Caerr [Companhia de Águas e Esgotos de Roraima], para Prefeitura [de Boa Vista], e nada foi resolvido. Um empurra para o outro”, reclamou.

E quando chove, a situação se torna ainda mais complicada, pois com o buraco submerso, os motoristas, pedestres e ciclistas não enxergam a dimensão e nem a profundidade da cratera. “Quando chove fica cheio d’água e a Caerr veio até esvaziar”, lembra Marlene.

Assim como a aposentada, outros vizinhos pedem mais atenção das autoridades para o caso. O ajudante de pedreiro Valdemir da Silva mora há um ano no bairro. Segundo ele, as únicas ações tomadas até agora foram filmagens e mais filmagens. “Filmam e vão embora, tudo fica do mesmo jeito. A gente fica com medo de passar, daqui a pouco não terá como andar na rua. É arriscado passar e cair de bicicleta. A água tá comendo por baixo do buraco”.

Denúncias

Esta foi uma das 50 denúncias coletadas pela equipe do Fiscaliza Roraima no último fim de semana. A superintendente de Fiscalização da Assembleia Legislativa, Eumária Aguiar, explica que após o recebimento das reclamações, a instituição formaliza as demandas aos órgãos responsáveis. “O Fiscaliza Roraima vai tomar as devidas providências, comunicar os órgãos competentes. Segundo os moradores já foi denunciado e ninguém fez nada”. A partir de agora todos os passos do processo poderão ser acompanhados pelos moradores.

Quem quiser pode contribuir com demandas ao programa pode fazer isso pessoalmente na sede, localizada na rua Agnelo Bittencourt, nº 232, 1º andar, no Centro de Boa Vista, por meio do site www.fiscalizarr.com.br, pelo aplicativo ou pelo telefone 98402-1735.

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Eduardo Andrade

SupCom ALE-RR