O sonho de estudar fez Marinalva Gomes, de 19 anos, sair do projeto de assentamento Nova Amazônia, na região do Truaru, e vir até Boa Vista. Ao ver uma propaganda da Escola do Legislativo na televisão, a jovem quis vir à capital para fazer o curso de inglês. Quando se matriculou, ela não imaginava que teria a oportunidade de atravessar o oceano para conhecer e praticar o idioma aprendido na Ilha de Malta, no sul da Europa.

Com outros quatro alunos e o professor, a jovem participou de um intercâmbio promovido pela unidade de ensino, custeado pela Assembleia Legislativa de Roraima. Atualmente, uma viagem com este intuito custa, no mínimo, R$ 10 mil, valor este que não é acessível a todos os públicos. Mas por meio da Escola do Legislativo, os estudantes tiveram a oportunidade de praticar o inglês com falantes nativos.

Marinalva ressaltou que além de estar em contato com a língua que está aprendendo, teve a oportunidade de conhecer outra cultura.  “No intercâmbio a gente está direto em contato com aquele idioma, e tem que usar todos os dias enquanto estiver lá, pra se informar, se locomover, e aos poucos você vai exercitando e aprendendo com o ambiente.”

Além da nova língua, a jovem ressalta que a oportunidade a encorajou a sonhar cada vez mais alto. “Mudou a minha forma de ver o mundo, e ver que a gente pode conquistar as coisas que a gente quer. Que sonha, mesmo com as dificuldades”, destacou a jovem.

E ela não parou no inglês. Atualmente, Marinalva faz o curso de Espanhol Básico na Escola do Legislativo, tudo porque ela quer investir desde agora na futura carreira de jornalista. “Por querer essa carreira e cursar jornalismo, quero aprender vários idiomas, porque vai que eu viajo igual a Glória Maria”, brincou.

Espanhol

A Escola do Legislativo ofertou o segundo intercâmbio da instituição. Dessa vez o destino é a Argentina. Nesta quarta-feira (27), encerraram as inscrições com 37 alunos inscritos. A oportunidade disponibiliza cinco vagas para os estudantes da unidade que estão cursando espanhol avançado ou que já tenham se formado. A seleção será realizada durante o mês de dezembro, incluindo provas teóricas e orais.

Texto: Bárbara Araújo

Foto: SupCom ALE-RR