Neste período do ano começam os preparativos para o início das aulas, e é comum pais e estudantes já terem em mãos uma lista de materiais escolares para o ano letivo. Com intuito de facilitar a vida da população, o Procon Assembleia fará até o final deste mês, pesquisas sobre os principais itens em diversas papelarias da cidade.

O técnico de enfermagem Enerson Andrade resolveu se adiantar e fazer as pesquisas de comparação de preços, para economizar e observar a qualidade dos produtos. “Costumo sempre pesquisar para ver onde tem a melhor oferta, onde é mais acessível para que a gente possa comprar um material muito mais em conta”.

Para auxiliar quem também já está em busca do melhor custo benefício, a equipe do Procon Assembleia visitou cinco estabelecimentos, onde detectou variações consideráveis nos preços de alguns itens. Como por exemplo, um caderno de 12 matérias pode ser encontrado no valor de R$ 11,90 a R$ 28,80, e as mochilas escolares ficam entre R$ 36,00 e R$ 58,00. Já o valor da caneta esferográfica varia entre R$ 0,60 e R$ 1,10. Ao todo foram pesquisados 29 produtos.

O diretor do Procon Assembleia, Jhonatan Rodrigues, destacou a importância de desenvolver esse comparativo para facilitar a compra e evitar gastos excessivos. “Essa pesquisa é para que os consumidores fiquem atentos aos lugares mais vantajosos na hora da compra do material escolar e, informar os locais onde estão mais acessíveis para que todos saiam ganhando e economizando no início desse ano”.

Além da pesquisa de preços dos materiais escolares, o Procon Assembleia disponibilizou uma lista de materiais que não devem ser exigidos pelas escolas. Ambas as pesquisas podem ser acessadas no site da Assembleia Legislativa de Roraima (www.al.rr.leg.br).

 

Texto: Mayara Padilha

Foto: SupCom ALE-RR