A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Saúde fará uma oitiva para apurar o depoimento de Allan Garcês e Rodrigo Santana, sobre o que foi constatado durante o período em que estiveram à frente da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), como titular e adjunto, respectivamente. Segundo relato do ex-secretário, um dia após anunciar que seriam feitas auditorias internas em contratos da secretaria para averiguar possíveis irregularidades, ele foi exonerado juntamente com o adjunto da pasta.

A comissão instaurada pela Assembleia Legislativa de Roraima já vem realizando oitivas de testemunhas ligadas à Sesau desde setembro do ano passado para apurar inúmeras denúncias de irregularidades em contratos. Allan Garcês é o segundo ex-secretário de Saúde a prestar depoimento para a CPI da Saúde. No ano passado, o médico Célio Wanderley foi ouvido devido a declarações em redes sociais sobre irregularidades na secretaria.

CPI da saúde

Os ex-secretários serão ouvidos em Brasília por não se sentirem seguros retornando ao Estado de Roraima, conforme informou o presidente da CPI, deputado Coronel Chagas (PRTB). Os membros da comissão acompanharão a reunião para coletar as provas necessárias para prosseguir com as investigações.

Coronel Chagas explicou que a CPI tomou conhecimento por reportagens, que o secretário foi surpreendido com a exoneração, poucas horas depois de anunciar que faria auditoria em contratos da secretaria. “A CPI está apurando isso para ouvi-los, para saber deles as informações que eles têm sobre o período em que passaram lá, mormente entre outras informações que eles não conseguiram implantar em razão de uma série de interferências.”

Transmissão

A TV Assembleia fará a transmissão da oitiva ao vivo pelo canal 57.3 (TV aberta) ou 357.3 (Sky), e pelas redes sociais (@assembleiarr), o que também foi solicitado pelo próprio ex-secretário.

Texto: Mayara Padilha

Foto: Jader Souza

SupCom ALE-RR