Pular para o conteúdo

PARCEIRO DA ALE-RR
Escritório Social do CNJ comemora três anos de implantação em Roraima com palestra sobre primeiro emprego

O Escritório Social do programa “Fazendo Justiça”, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), um dos parceiros da Assembleia Legislativa (ALE-RR), comemorou nesta sexta-feira (4) três anos de implantação em Roraima com a palestra “Como se comportar na primeira entrevista de emprego”.

 

O início foi marcado por um momento de descontração de ginástica laboral, com o professor de zumba João Pedro. A capacitação foi ministrada pela psicóloga Angélica Melville e voltada para egressos e pré-egressos do sistema prisional, além de seus familiares, com apoio do Sistema Nacional de Emprego (Sine), da Secretaria Estadual do Trabalho e Bem-Estar Social (Setrabes).

 

Durante a palestra, a psicóloga deu dicas de como se preparar na hora de procurar uma oportunidade no mercado de trabalho e os principais cuidados que a pessoa deve ter com oratória, aparência, vestimenta, pontualidade, seriedade e capacidade.

 

“A Assembleia está imbuída na prática de poder ofertar o melhor serviço à comunidade. O presidente Soldado Sampaio [Republicanos] tem aberto as portas da Casa para que esses momentos possam ser proporcionados e garantir a cidadania das pessoas”, contou a representante do Poder Legislativo, Leila Mendes, superintendente de Programas Especiais.

 

Ylana Ferreira, psicóloga e coordenadora em exercício da unidade, contou sobre a idealização de promover a capacitação.

 

“Por meio dos atendimentos que fazemos, percebemos que uma das maiores demandas é essa, pois a gente sabe que a grande maioria dos egressos e seus familiares, por uma questão social, têm dificuldades quanto à entrevista de emprego”, explicou.

 

 

 

O secretário estadual de Justiça e Cidadania, André Fernandes, ressalta a importância do trabalho feito pelo Escritório Social.

 

“Temos que ter em mente que essas pessoas cometeram um crime, erros, mas já pagaram por eles. Existe o preconceito, sim, porém há aqueles que querem mudar de vida, ter uma nova chance, e são esses que devem ser aproveitados”, declarou, lembrando que existem benefícios fiscais para empresas que contratam egressos.

 

 

 

A estudante Letícia Lima, que tem um familiar pré-egresso, falou sobre a capacitação. “É uma boa oportunidade para muitos que vieram aqui, nesse momento em que estão precisando de emprego. Eles [entidade] estão aqui para nos ajudar”, disse.

 

Também participaram do evento o coronel Dagoberto Gonçalves, do Tribunal de Justiça, que falou sobre a necessidade de focar na singularização de atendimentos e reinserção social digna; a secretária-adjunta da Setrabes, Isadora Braga, que contou sobre as mais de duas mil vagas abertas somente este ano através do Sine; a diretora do Departamento Penitenciário do Estado, Michele Fernandes, e a coordenadora do programa “Fazendo Justiça” em Roraima, Jaira Magalhães.

 

Ao final do encontro, foram entregues certificados aos participantes e apresentados vídeos de dois egressos assistidos pelo Escritório Social que o parabenizaram pelo triênio.

 

Texto: Suzanne Oliveira

Fotos: Jader Souza

SupCom/ALE-RR

Compartilhar
banner assembleia 120x600 ou 160x600

Arquivos

banner assembleia 120x240
banner assembleia 125x125

0