Pular para o conteúdo

DIA DO ESTUDANTE
Escolegis da Assembleia Legislativa contribui para a realização dos sonhos

Hoje, 11 de agosto, é comemorado o Dia do Estudante. A data homenageia todos aqueles que estão sempre em busca de novos conhecimentos. O estudante é aquela pessoa que nunca está sozinha, porque os livros são verdadeiros companheiros. O ato de estudar é aprimorado quando essa atividade é acompanhada por um professor e instituição que auxiliam na conquista de sonhos. E a Escola do Legislativo (Escolegis), um dos programas permanentes da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), tem sido um braço forte daqueles que buscam a superação no campo educacional.

Ao oferecer cursos que contribuem para entrar no ensino superior e conquistar um novo emprego, seja no serviço público ou na iniciativa privada, bem como entrar no ensino superior, a instituição aproxima as pessoas dos seus sonhos.

“Entendemos a importância dos nossos jovens, o trabalho da Casa é propor emendas e recursos que venham a fortalecer as políticas públicas de inclusão social para esse público. E a Escolegis tem cumprido esse papel, proporcionar ferramentas para melhorar as condições de vida dos nossos alunos, garantindo oportunidade de crescimento nas mais diversas áreas, por intermédio da educação”, disse o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Soldado Sampaio (Republicanos).

A presidente da Escolegis, deputada Catarina Guerra (União), ressaltou que a instituição busca dar todo o suporte àqueles que estão empenhados na mudança de vida, tendo como base a educação.

“A Escolegis é um meio de transformação, independentemente da idade. Preparamos os estudantes, principalmente do ensino médio, e dos preparatórios, com aulões para proporcionar ainda mais educação, mais qualidade no ensino. Isso se entende àqueles que buscam sua independência com um vasto currículo, por meios de capacitação”, enfatizou a parlamentar.

Diante de tantas conquistas, Catarina disse que a data tem que ser festejada e os que os estudantes têm que ser reconhecidos. “A Escolegis parabeniza aos nossos estudantes, e prosseguiremos sempre de portas abertas, instituição e Assembleia Legislativa como um todo, para acolher nosso público”, afirmou.

A estudante Ângela Victória Alves Santos, 17, está concluindo o 3º ano do ensino médio e já se prepara para cursar Medicina. Ela compartilha da mesma opinião da deputada, quando o assunto é a qualidade dos cursos ofertados pela Escolegis.

“Eu já estou no meu segundo curso na Escola do Legislativo. O primeiro foi o de inglês, on-line, e o segundo o preparatório para o Enem [Exame Nacional do Ensino Médio] e pré-vestibular, e está sendo muito bom. Desde o primeiro curso que eu fiz, já vi que o ensino aqui era ótimo e é por isso que escolhi novamente estar aqui. Eu sei que daqui vou sair sabendo de muita coisa”, afirmou convicta.

A jovem está investindo pesado para conquistar uma boa nota e logo ingressar no ensino superior. “Olha, tem hora que bate um nervoso e a gente fica, meu Deus, já estou chegando a fase adulta, tenho grande responsabilidade pela frente. Mas é estudar, se esforçar e procurar aprender cada dia mais, e sempre tendo fé em Deus que tudo vai dar certo no final”, contou.

Nessa vida de estudante, Victória contabiliza muitas histórias legais, que serão sempre lembradas, mas uma delas surge no topo das recordações.

“Posso dizer que muitos professores me marcaram bastante. O meu ensino fundamental foi uma fase muito importante na minha vida. Quando entrei no colégio, eu não era muito boa não, inclusive sofri bastante, mas eu consegui subir e ser uma boa aluna”, disse, ao compartilhar essa conquista com os professores.

Gabrielle Fredericks tem 17 anos e está cursando o 2º ano do ensino médio e pretende futuramente fazer jornalismo. “É minha primeira vez fazendo curso aqui na Escolegis e a expectativa é grande. Aqui os professores são muito bons, a gente vê que tem qualidade. O ensino que eles passam é outro nível”, contou.

A vida de estudante, segundo Gabrielle, não é nada fácil, e depende de muito esforço para atingir as metas planejadas. “Mas para quem deseja alcançar um objetivo essa dificuldade se supera com fé, na certeza que vai conseguir chegar à meta que se deseja. Afinal nunca é tarde para estudar e realizar um sonho, a gente está em constante aprendizado”, observou.

A jovem garante que quando está estudando não se sente só, mas transcendendo para outra dimensão. O silêncio aliado ao foco favorece um conjunto de aprendizados. “Quando estou estudando, encontro a solitude. A gente aprende a curtir a própria companhia e acreditar em si mesmo. Quando estou lendo, às vezes, eu me imagino no cenário, sendo um dos personagens”, ressaltou.

A estudante Victória Araújo Branco, 17 anos, é também aluna da Escolegis no preparatório para o Enem e pré-vestibular. Cursando o 2º ano e almejando se tornar psicóloga ou veterinária, a adolescente vai fazer o segundo seriado do Enem, e investe nos estudos para fazer uma prova de qualidade que garanta ingresso imediato na faculdade.

“Ser estudante não é fácil, é uma fase bem difícil. Muitas vezes a gente fica triste e até chora porque a gente se esforça tanto numa matéria e acaba indo mal, e acaba chorando no chuveiro. Fiquei de recuperação em inglês, fiquei bem triste, mas eu fiz recuperação, e vai dar tudo certo”, contou confiante.

Mas esses percalços, disse Victória Araújo, devem ser encarados como estímulos para redobrar o esforço. “Quando a gente tira nota baixa numa prova, na próxima a gente quer tirar uma nota alta e acaba estudando mais. Eu, por exemplo, anos atrás, era muito ruim em matemática, mas agora tirei 87. Então, até as piores fases podem ser boas, incentivar a chegar no objetivo final. É gratificante ser estudante porque se tem várias possibilidades também”, afirmou, orgulhosa.

Visita guiada

É comum a Assembleia Legislativa receber a visita de estudantes da rede pública de ensino para conhecer as dependências e como funciona o Poder Legislativo. Foi o que aconteceu nesta quarta-feira (9), quando alunos do 7⁰ ano do ensino fundamental da Escola Estadual Euclides da Cunha visitaram a instituição.

Durante a visita guiada, o estudante Daniel Braga, 12 anos, fez um link do Dia do Estudante com a visita ao Parlamento. “O Dia do Estudante é uma data para os estudantes se sentirem reconhecidos, assim como o Dia dos Professores. E só em visitar a Assembleia já está sendo um dia muito legal, espero vir mais vezes para acompanhar a votação. Depois do Daniel [Garcia, consultor legislativo] explicar, agora eu já sei qual a função do Poder Legislativo, abriu a minha mente completamente, e tirei todas as muitas dúvidas possíveis”, contou.

Indagado sobre o que mais havia chamado a atenção dele, o estudante não titubeou. “Gostei muito de saber que, quando os deputados falecem, são homenageados, é tipo uma honra. Uma homenagem muito boa mesmo”, disparou, ao se referir ao Espaço Maria Luiza Vieira Campos, em homenagem à ex-deputada da Assembleia Legislativa, assim como ao Plenário da Casa, que leva o nome da ex-deputada constituinte Noêmia Bastos Amazonas.

Texto: Marilena Freitas

Fotos: Eduardo Andrade/ Marley Lima

SupCom ALE-RR

Compartilhar

Arquivos

banner assembleia 125x125

Notícias Relacionadas