Neste sábado (25), das 10h às 22h, no Pátio Roraima Shopping, zona Norte de Boa Vista, a Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa de Roraima, por intermédio do Núcleo de Promoção, Proteção e Atendimento às Vítimas de Tráfico de Pessoas, realizará uma blitz educativa como marco inicial da campanha ’16 dias de ativismo e enfrentamento a violência doméstica’.

Essa campanha iniciou há 26 anos, quando um grupo de mulheres se reuniu para criar mecanismos de combate à violência contra a mulher. Dessa iniciativa nasceu o I Encontro Feminista da América Latina e Caribe.

Para a coordenadora do Núcleo de Promoção, Proteção e Atendimento às Vítimas de Tráfico de Pessoas, Socorro Santos, esse momento será de união da Rede de Proteção com o objetivo de sensibilizar a população sobre violência contra mulher, feminicídio e Direitos Humanos. Ela contou ainda que haverá a participação de representantes da Rede Grito Pela Vida, da Diocese de Roraima, do Comitê de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, além do CHAME (Centro Humanitário de Apoio à Mulher), Tribunal de Justiça, entre outros.

“Estaremos reunidos para fazermos uma panfletagem. A gente sensibiliza que existe uma violência muito grande, um feminicídio muito grande em nosso Estado e que precisa ser trabalhado”, explicou Socorro Santos. O material disponibilizado pela Procuradoria aos clientes do Shopping traz informações sobre os perigos do tráfico de pessoas, dos tipos de violência doméstica familiar, onde procurar apoio, informações ou auxílio em caso de violação de direitos e sobre o trabalho da Procuradoria.

Serviço – A Procuradoria Especial da Mulher funciona no prédio do CHAME, situado na rua Coronel Pinto, nº 524, no Centro de Boa Vista, das 7h30 as 13h30. O Núcleo, por sua vez, realiza atendimento e recebe solicitações de palestras na sede, na avenida Capitão Júlio Bezerra, próximo ao Hospital Coronel Mota.

Yasmin Guedes

SupCom ALERR

Em: 24.11.2017