Com olhar voltado ao desenvolvimento tecnológico de crianças, adolescentes e adultos, a Escola do Legislativo, da Assembleia Legislativa de Roraima, iniciou nesta segunda-feira (22) o curso de introdução à educação tecnológica, direcionado a professores de informática da instituição, do programa Abrindo Caminhos e servidores da Tecnologia da Informação da Assembleia Legislativa de Roraima.

O curso será ministrado pelo especialista em robótica Danilo Wille até sexta-feira (26), na Unidade Silvio Botelho, localizado no bairro Pintolândia. Ao longo da semana, os profissionais aprenderão, na teoria e na prática, a inicialização ao mundo da educação tecnológica com a criação de robôs e games cujos conhecimentos serão aplicados no Laboratório de Robótica da Escola do Legislativo ainda este ano.

A professora Eulina Medeiros leciona informática na Escola do Legislativo e enxerga a oportunidade de aprimorar conhecimentos e desenvolver outras habilidades para serem colocadas em prática com os alunos de outras áreas. “Existe uma demanda muito grande dos alunos que procuram, não só as aulas de informática, e a Escola do Legislativo vendo a viabilidade trouxe esse curso para nós professores, para podermos ministrarmos essas aulas”, que segundo ela, ajudarão muitas pessoas a terem um diferencial no mercado de trabalho.

Aos participantes, o professor Danilo Wille apresentou diversos tipos de kits de robôs de metal, com componentes básicos, uns para montagens de games, entre outros objetos de vários lugares do mundo. “Eles vão construir robôs, máquinas inteligentes, e também parte de games. Trouxe kits, um diferente do outro, para ver o que a gente vai aplicar, e depois eles aplicarão com as crianças”.

Danilo é paulista, mas mora em Londrina (PR) há 24 anos. Ele aprovou a iniciativa da Assembleia Legislativa em incentivar este tipo de recurso educacional a população. “Acho excelente, estou para ver um programa em outro Estado. Vejo atividades assim lá fora. No Brasil, estou pra ver quem tem esse tipo de iniciativa”, disse ao garantir que as aulas serão mais práticas do que teóricas.

De acordo com a diretora da Escola do Legislativo, Cristina Mello, a proposta da Assembleia Legislativa é implementar ainda este ano o Laboratório de Robótica para crianças, jovens e adultos. “Mais uma vez a Escola [do Legislativo] sai na frente trazendo essa proposta maravilhosa que hoje é a educação tecnológica e sabemos que a educação é o boom para todas as áreas”.

As aulas ocorrem na sala de informática, direcionadas a oito profissionais da Assembleia Legislativa de Roraima. Iniciou na tarde dessa segunda-feira, mas seguirá durante todos os dias, manhã e tarde, na Unidade Silvio Botelho, localizado na rua Sólon Rodrigues Pessoa, nº 1.313, bairro Pintolândia.

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Eduardo Andrade