Com três votos a favor e um contrário, o nome do agricultor Aluízio Nascimento da Silva foi aprovado nesta quinta-feira (29) pela Comissão Especial Externa criada para avaliar o indicado à presidência do Iact (Instituto de Amparo à Ciência e Tecnologia). Anteriormente, uma sabatina foi realizada para avaliar se ele está apto a conduzir o instituto.

Relator da comissão, o deputado Neto Loureiro (PTB) apresentou um parecer favorável à indicação, acompanhado pela deputada Tayla Peres (PRTB) e Soldado Sampaio (PC do B). Ao contrário dos colegas, o deputado Evangelista Siqueira (PT) esclareceu que não votaria a favor por não reconhecer no indicado competência para a posição.

A presidente da Comissão, deputada Betânia Almeida (PV), fez uma avaliação do resultado da reunião, uma vez que como líder do grupo, não pode votar. “Vamos respeitar a vontade dos três parlamentares [que votaram a favor]. Agora nós vamos para um novo passo, que é levar a matéria para discussão em plenário. Lá seremos 24 deputados e vamos decidir realmente se ele tem o perfil”.

O agricultor Aluízo Nascimento da Silva passou por sabatina na Assembleia Legislativa no último dia 16 de maio.  O agricultor explicou que estão nos projetos do Governo do Estado melhorias na internet, por meio do Roraima Estado Digital, e a intenção de transformar o Parque Anauá em uma Cidade Tecnológica, em parceria com a Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social).

Texto: Bárbara Araújo

Foto: Alex Paiva

SupCom ALE-RR