O Fiscaliza Roraima, programa da Assembleia Legislativa, recebeu cerca de 400 denúncias desde sua criação, há dois anos.  A equipe intensificou as ações para informar ainda mais pessoas sobre o trabalho de fiscalização realizado pelo Poder Legislativo. Entre as reclamações mais frequentes estão obras inacabadas, ruas sem asfaltamento e buracos, que prejudicam o tráfego e trazem transtornos para os moradores.

Com o Fiscaliza Roraima, equipes da Superintendência de Fiscalização da Assembleia Legislativa de Roraima, junto com deputados e líderes comunitários, ouvem a população sobre a qualidade dos serviços ofertados. Se constatada a necessidade de melhorias, a Assembleia Legislativa aciona oficialmente os órgãos responsáveis por esses serviços e prestará contas sobre as medidas adotadas.

A dona de casa Rose Bandeira aproveitou uma das ações do programa, realizada em uma feira livre no bairro Pintolândia, para formalizar a sua denúncia. Ela cobra o calçamento da rua Tácito Ayres, no bairro Pintolândia, onde vive há mais de 15 anos. “Para eu me deslocar para procurar esses diretos fica um pouco complicado, porque eu tenho a semana toda ocupada cuidando da minha filha, que é especial. Não estou reivindicando só pra mim, mas para a minha rua”, disse ela.

Após a denúncia, dona Rose encaminhou fotos e vídeos da rua à equipe do Fiscaliza Roraima, que anexou as imagens ao processo já formalizado. Conforme explicou a superintendente de Fiscalização da Assembleia Legislativa, Eumária Aguiar, a demanda já foi levada ao conhecimento dos órgãos responsáveis. “Essas questões estão sendo encaminhadas para que sejam tomadas providências como, verificar o recurso disponível e se há previsão de asfaltamento”.

Denúncia

Para a superintendente, é importante frisar que esse trabalho informativo não é apenas a entrega de um papel, mas um atendimento personalizado dado a cada cidadão. “A gente explica o que é a denúncia, conversamos com o cidadão, explicamos o seu direito e o que pode ser feito”.

Para cobrar providências sobre os problemas que estejam incomodado uma comunidade, os roraimenses podem realizar denúncias e acompanhar a demanda pelo site www.al.rr.leg.br/fiscalizaroraima, ou pessoalmente na sede do programa, localizado na rua Agnelo Bittencourt, 232, Centro. O contato pode ser feito ainda pelos telefones 98402 – 1735 e o 4009 – 4835.

Texto: Bárbara Araújo

Foto: Eduardo Andrade e Alfredo Maia

SupCom ALE-RR