Na luta contra o câncer, um dos possíveis efeitos é a perda dos cabelos. Diante de tanta força e resiliência, os lenços ganham um significado especial, enfeitando o rosto de mulheres, tomando o lugar que antes pertencia aos fios. Sabendo como este adereço pode ajudar na autoestima das mulheres em tratamento, na manhã desta segunda-feira (4), a equipe do CHAME (Centro Humanitário de Apoio à Mulher) entregou 67 lenços ao grupo Girassol, da Unacon (Unidade de Assistência de Alto Complexidade em Oncologia).

Os itens arrecadados durante a campanha Outubro Rosa foram entregues ao grupo, que promove um trabalho de apoio psicológico às mulheres em tratamento. A coordenadora do Chame, Elizabete Brito, explicou que o gesto mostra apoio e preocupação com mulheres que sofrem com a queda de cabelo durante a quimioterapia. “É um ato de solidariedade ajudar essas mulheres e poder ajudar a autoestima delas com um lenço, que fortalece essa mulher para que ela consiga continuar o tratamento”.

O uso do lenço é uma das ferramentas para que essas mulheres enfrentem essa etapa que dura cerca de seis meses. Os tecidos coloridos ajudam a fazer com que elas se enxerguem de um jeito novo. Em tratamento, Ana Tereza Arellan conta que neste período, o corpo apresenta muitas mudanças. “Nós somos mulheres lutadoras e o lenço nos ajuda a enfrentar e sair vencedoras diante dessa doença”, pontuou Ana Tereza.

Este é o segundo ano em que o CHAME entrega os acessórios ao grupo. A iniciativa é recebida sempre com muitos sorrisos e receptividade, ressaltou a coordenadora do grupo Girassol, Nara Oliveira. “O Chame vem nos presenteando e nos brindando. Isso é um presente para elas, e elas ficam muito felizes.”

Apesar de a campanha já ter acabado, a equipe continuará recebendo os adereços. Quem quiser doar lenços ou cabelos pode entregar as doações no prédio do Chame, localizado na rua Coronel Pinto, 524, Centro.

Texto: Bárbara Araújo

Foto: H. Emiliano

SupCom ALE-RR