Nesta terça-feira (28), alunos do programa Abrindo Caminhos, da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), aprenderam técnicas de luta com um dos melhores treinadores de MMA no país, o ex-lutador Cristiano Marcello.

 

O técnico da modalidade tem 42 anos e acumula 14 vitórias em sua carreira, com participação em campeonatos internacionais de jiu-jítsu como o  Pride Fighting Championships, UFC (Ultimate Fighting Championship) no Japão e TUF (The Ultimate Fighter) Americano.

 

Em sua primeira no Estado, ele ensinou técnicas de jiu-jítsu e defesa pessoal utilizadas pelos atletas na CM System, uma das melhores academias nesta modalidade do país. “Fico muito feliz de ver e estar presente aqui, podendo mostrar um pouco da minha vida, e o que eu posso fazer pela sociedade através do esporte.”

 

Para o treinador, políticas públicas como o programa Abrindo Caminhos incentivam crianças e adolescentes a terem o contato com o esporte. “Quero parabenizar ao Jalser Renier e a coordenadora Viviane. Eles são grandes exemplos de como deve ser feito, pela qualidade dos projetos que eles propõem. Muitas pessoas, não dão continuidade e um alicerce. Realmente, estou maravilhado, já andei por todo o Brasil, e aqui é um grande exemplo.”

 

Jessica Sousa, de 15 anos, faz parte da turma dos 80 alunos de jiu-jítsu que participaram do encontro. Além das técnicas, o que mais chamou atenção da jovem, foram os ensinamentos sobre caráter, respeitar os professores na sala de sala e os pais em casa.  “Me sinto muito bem, muito importante, aprendemos muitas coisas com ele que levamos para a vida.”

O programa Abrindo Caminhos tem buscado promover encontros dos alunos com pessoas de destaque no esporte, para inspirar e trazer novos conhecimentos a alunos e professores. No ano passado, os alunos receberam a visita do campeão mundial de jiu–jítsu, Lucas ‘Hulk’ Barbosa e do Carlão Barreto, professor de jiu-jítsu, um dos maiores comentaristas de esportes de combate no país. Eles compartilharam técnicas e experiências de vida no esporte.

 

“É de extrema importância isso, poder mostrar para as crianças e os adolescentes a trajetória de um esportista, nós sabemos que nem tudo são flores, e a maioria dos atletas tem histórias que muitas vezes identificam as crianças”, explicou a diretora do programa, Abrindo Caminhos, Viviane Lima.

 

Texto: Vanessa Brito

Foto: H. Emiliano

SupCom ALE-RR