Após confrontos entre a polícia e moradores de Pacaraima, no início de fevereiro, a Assembleia Legislativa de Roraima criou uma comissão especial, que irá promover uma audiência pública na fronteira nesta sexta-feira (6). A intenção é debater, com a presença da comunidade, os problemas enfrentados pelos moradores em função da imigração em massa de venezuelanos para o município.

A audiência será realizada na rua Monte Roraima, em frente à prefeitura do município, e toda a população pode participar. A comissão foi criada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Jalser Renier (Solidariedade), e é comandada pelo vice-presidente da Casa, deputado Jânio Xingu (PSD).

Ele explicou que o principal objetivo da audiência é saber de que maneira o Poder Legislativo pode ajudar a população. “Vamos discutir o que a comunidade de Pacaraima precisa e o que nós podemos fazer. Essa audiência é para colher todas as informações e ouvir pessoas da sociedade”, explicou Jânio Xingu.

Além da segurança, um dos pontos a ser discutido com relação à fronteira é a questão da saúde, pois a rede pública da região está sobrecarregada. “O município não tem estrutura para atender toda essa demanda. Você tem um hospital que atende 15 mil pessoas, e do nada sobe pra 30 mil, então a demanda aumenta além da oferta, e tudo isso vai ser discutido”, esclareceu o deputado.

A comissão foi criada no dia 10 de fevereiro para acompanhar confronto durante manifestações populares após um caso de estrupo contra uma adolescente brasileira de 15 anos. Na ocasião, o grupo se reuniu com autoridades e moradores do município. “Quando fomos em Pacaraima, após a visita ficou acertado que íamos fazer uma audiência pública, que vai acontecer amanhã”.

Uma comissão de moradores foi criada após a visita da comissão da Assembleia Legislativa, para coletar todas as demandas para serem apresentadas na audiência pública. Após o evento, a Assembleia Legislativa vai discutir as demandas para construir um relatório, que será enviado ao Governo do Estado. “Tem a questão da segurança pública, saúde, educação, que diz respeito ao Governo, e aquilo que o Poder Legislativo poder fazer para ajudar, para que essas questões sejam resolvidas, esse é o nosso papel”.

Foram convidadas autoridades de vários seguimentos para participar da audiência e buscar ações práticas para os problemas apresentados. “Esperamos a participação de todos, o Exército, que está trabalhado com a missão acolhida, vereadores, prefeitos, vamos buscar um bem comum para o município de Pacaraima, só queremos que aquele povo viva bem melhor do que vive hoje”, concluiu o deputado.

Também fazem parte da comissão da Assembleia Legislativa os deputados Marcelo Cabral (MDB)  e Angela Águida Portela (PP).

Texto: Ana Lucia Montel

Foto: H. Emiliano

SupCom ALE-RR