O Procon Assembleia foi uma das instituições pioneiras em oferecer um serviço de orientação sobre auxílio emergencial liberado pelo governo federal, e tem recebido ligações não só de Roraima, como de outros estados do país. A instituição disponibilizou uma equipe para esclarecer as dúvidas da população por telefone, pelos números (95) 98401-9465 e 4009-4826.

Os atendimentos começaram nesta quarta-feira (8), das 9h às 14h, mas devido ao feriado da Semana Santa, os atendimentos serão retomados na próxima segunda-feira (13).

O advogado do Procon Assembleia, Josimar Batista, esclarece que o serviço apenas informa os critérios e os detalhes de como solicitar o auxílio, contudo não faz o cadastro. “A equipe vai orientar de todas as demandas, se ele [cidadão] vai precisar preencher o cadastro e se terá acesso a esses valores. Mais uma vez, o Procon Assembleia colocando-se à disposição, um braço social da Assembleia Legislativa de Roraima.”

Uma das pessoas atendidas foi a autônoma Mônica Souza, de 35 anos. Ela trabalha com serviços esporádicos de faxineira, ajudante de cozinha e serviços gerais, mas por causa da recomendação de distanciamento social, não consegue trabalho há quase um mês. “Liguei e eles me informaram que como eu já sou inscrita no Cadastro Único, devo receber o pagamento”.

Antes dos atendimentos, a equipe do Procon Assembleia passou por uma capacitação para atender da melhor forma possível as demandas da população roraimense. A principal dúvida recebida vem de pessoas que fazem parte do Cadastro Único, um instrumento que identifica as famílias de baixa renda. “As pessoas do Cadastro Único querem saber como vão receber. Já orientamos dizendo que sim, pois não tem necessidade de se registrar no auxílio emergencial, já está cadastrado, a Caixa Econômica já possui esses dados. Ele receberá automaticamente.”

Pessoas do grupo de risco, como idosos e gestantes, poderão ter atendimento presencial, mas para isso, é necessário agendar antes por telefone, para evitar aglomerações. A equipe e o ambiente seguem os cuidados contra a pandemia, como o uso de máscaras e a limpeza das mãos com álcool em gel.  No espaço, há um controle de entrada e saída de pessoas. A sede está localizada na rua Agnelo Bittencourt, nº 232, no Centro.

Auxílio emergencial

Ontem (7), começou o cadastro dos trabalhadores informais pelo site da Caixa Econômica Federal da Caixa no endereço eletrônico https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio ou por meio do aplicativo chamado Caixa Auxílio Emergencial.

O auxílio fornece proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia. O benefício, no valor de R$ 600, será pago por três meses, para até duas pessoas da mesma família. Um benefício financeiro destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados e para pessoas cadastradas no programa Bolsa Família. No caso de mulheres que sustentam lares sozinhas poderão receber mensalmente o valor de R$ 1.200.

Texto: Vanessa Brito

Foto: Jader Souza

SupCom ALE-RR