O plano “Roraima 2030”, que propõe um pacote de medidas para o desenvolvimento do Estado na próxima década, será apreciado pelos deputados estaduais na Assembleia Legislativa de Roraima. O documento foi apresentado pelo governador do Estado, Antônio Denarium (sem partido), nesta quinta-feira (10), no CAF (Centro Amazônico de Fronteira) da UFRR (Universidade Federal de Roraima).

De acordo com Denarium, o Plano de Desenvolvimento Sustentável de Roraima consiste em diretrizes para a próxima década, aliando desenvolvimento econômico e proteção ambiental. Para elaborar o documento, foram levantadas informações junto à população em todos os municípios. “Esse projeto será transformado em projeto de lei, aprovado pela Assembleia Legislativa, e independente do governador futuro, as políticas públicas terão que ser obedecidas e cumpridas”, afirmou.

O presidente do Poder Legislativo, deputado Jalser Renier (SD), destacou o desempenho positivo da economia de Roraima, uma das duas unidades da federação que conseguiram crescer mesmo em meio à crise nacional.  Ele enfatizou que este projeto é um passo importante para o desenvolvimento do Estado.  “Com este ele, nós temos uma visão de Estado para os próximos 10 anos com perspectiva de crescimento”, frisou.

Jalser pontuou que este crescimento virá de investimentos em vários setores da economia. “Nós temos essa responsabilidade através do agronegócio, do empreendedorismo, através das grandes empresas que estão se instalando e que vão gerar frutos importantes no presente e no futuro”, reforçou o presidente da Assembleia Legislativa.

A proposta é composta por sete eixos de políticas públicas direcionados às áreas de Saúde, Segurança, Infraestrutura, Educação, Desenvolvimento Econômico, Bem-Estar, Educação e Gestão.

Participaram da apresentação do plano, além do presidente do Legislativo, os deputados Chico Mozart (Cidadania), Nilton Sindpol (Patri), Coronel Chagas (PRTB), Renan Filho (Republicanos), Jorge Everton (MDB), Marlon da Mirage (PP), Angela Águida Portella (PP), Aurelina Medeiros (Pode), Gabriel Picanço (Republicanos), Tayla Peres (PRTB) e Catarina Guerra (SD).

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Eduardo Andrade / Tiago Orihuela

SupCom ALE-RR