Pular para o conteúdo

MÁQUINA QUEBRADA Pacientes do Coronel Mota estão sem fazer exames, afirma Nilton Sindpol

Nesta quarta-feira (24), o deputado Nilton Sindpol (Patri) relatou que a máquina de ultrassonografia da Clínica Especializada Coronel Mota está quebrada. Durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), o parlamentar pediu que o Governo solucione o problema.
Nilton Sindpol explicou que esse exame pela rede particular custa em média R$200. “Então, o salário mínimo hoje é 1.100. Para um homem com problema de próstata, para a mulher fazer um simples exame de rotina ou algo mais grave, que precisa fazer uma ultrassonografia, não tem [o exame]. Então, muitas vezes, esses pacientes vêm do interior quando chegam em Boa Vista se deparam com essa situação”.
Segundo o parlamentar, as pessoas estão deixando de realizar os seus exames e, consequentemente, agravando os problemas de saúde, “porque o médico não tem condições sem esse exame de fazer o diagnóstico”.
Diante disso, o deputado salientou que vai levar essa situação para a Sesau (Secretaria Estadual de Saúde). “Vamos levar também a demanda ao nosso Governador que está atento e trabalha todo o dia para que, não só a Saúde, mas Roraima como um todo, realmente tenha dias melhores. A gente reconhece todo esse trabalho. No entanto, precisamos convergir as nossas energias a enfrentar esses problemas”.
Texto: Vanessa Brito
Foto:  Tiago Orihuela/ Marley Lima
Compartilhar
banner assembleia 120x600 ou 160x600

Arquivos

banner assembleia 120x240
banner assembleia 125x125

0