Pular para o conteúdo

Chame capacitará servidores para atender mulheres vítimas de violência

O Centro Humanitário de Apoio à Mulher (Chame), que faz parte da Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), realizará o “Treinamento de Atendimento à Mulher em Situação de Emergência”, na próxima terça-feira (20), das 9h às 12h, no plenarinho da ALE-RR, voltados para os servidores da instituição.

O evento pretende capacitar aqueles que diariamente acolhem as mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. A procuradora Especial da Mulher, deputada Betânia Almeida (PV), explica que o treinamento vai abarcar, inclusive, os funcionários que não trabalham diretamente no atendimento.

“A intenção é que todos os nossos funcionários tenham condições de receber e acolher as mulheres vítimas de violência doméstica. O treinamento será ofertado da coordenação até o auxiliar de serviços gerais do Chame”, informou a procuradora.

Desde março a equipe do Chame passar por reformulações, e com a chegada dos 14 novos colaboradores em junho, a advogada do Centro, Nanníbia Cabral, diz que a iniciativa visa garantir um atendimento uniforme e humanizado.

“No treinamento nós vamos fazer um nivelamento de todos esses servidores, pois toda a nossa equipe mudou recentemente. Alguns chegaram em março, outros em junho. Com isso todos estarão capacitados para atender todas essas mulheres de maneira humanizada”, frisou.

A advogada ainda destaca que, ao oferecer um serviço humanizado, o Chame cria condições para que essas vítimas rompam o ciclo de violência e, em última instância, transformem a sociedade.

“Quando falamos de um atendimento humanizado, estamos falando de empoderar e encorajar à mulher a romper esse ciclo de violência, que põe em risco a sua integridade física e psicológica. Por isso, esse atendimento busca promover uma mudança de comportamento, que consequentemente, transforma o ambiente social no qual estamos inseridas”, salientou.

Ministrada por uma equipe multidisciplinar do próprio Centro –  as advogadas Nanníbia Cabral e Glaycia Machado; a assistente social, Eliane Santos, e a psicóloga, Adria Almeida –, na capacitação os servidores terão oportunidade de se inteirar sobre aspectos intrínsecos à violência contra a mulher.

Para isso serão discutidos temas como: O que é a violência doméstica e familiar contra a mulher; Tipos de violência; Fatores da violência; Indicadores de violência; Barreiras para detecção da violência e Consequências da violência.

Além disso, irão receber noções sobre a estrutura laboral, com os assuntos: Rede de atendimento em Roraima; O que é o Chame; Atuação interdisciplinar do Chame.

A recepcionista que trabalha no centro de apoio há quatro meses, Milena Santos Costa, espera que com o treinamento se torne mais fácil acolher essas mulheres com mais profissionalismo, preservando o emocional delas, que já chega muito abalado.

“Minha expectativa para esse treinamento é aperfeiçoar o atendimento ao acolher essas mulheres vítimas de violência, da melhor forma possível. Pois o meu maior desafio é não me envolver emocionalmente, e com certeza, esse treinamento vai me ajudar a lidar melhor com esses tipos de situações”, afirmou.

Ao oportunizar essa capacitação para servidoras como a Milena, o Centro Humanitário de Apoio à Mulher reafirma o compromisso com o atendimento e acompanhamento técnico-profissional gratuitos – jurídico, psicológico e social – às mulheres vítimas de violência em Roraima.

Muito embora não esteja realizando um atendimento presencial, devido às medidas restritivas impostas para combater a Covid-19, a deputada Betânia Almeida lembra que o Centro continua funcionando pelo ZAP Chame (95) 98402-0502, 24 horas por dia, de domingo a domingo.

“É importante ressaltar que devido à pandemia, o Centro Humanizado de Apoio à Mulher continua com atendimento realizado pelo Zap Chame (98402-0502). Porém logo que tudo isso passar, voltaremos o atendimento presencial”, garantiu Betânia.

Texto: Suellen Gurgel

Foto: Marley Lima e Eduardo Andrade

SupCom ALE-RR

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0