Pular para o conteúdo

HOMENAGEM E ALERTA
‘Órfãos da covid-19’ mostra relatos de famílias que perderam parentes em Roraima

Nos últimos 18 meses, após o primeiro caso de covid-19 registrado em Roraima, quase duas mil pessoas perderam a batalha para a doença no Estado. Foram pais, mães, filhos, sobrinhos, netos que deixaram um vazio nos lares e corações. A TV Assembleia (57.3) mostrará o drama dessas famílias com o documentário “Órfãos da covid-19”, que estreia nesta segunda-feira (20), às 13h30, e reprise às 17h, 20h e 23h.

Com duração de 25 minutos, além dos relatos de quem perdeu entes queridos para a pandemia, o documentário conta com a participação de um psicólogo que aborda os efeitos destas perdas. Entre as personagens, está Sebastiana Duarte, mãe do empresário e comunicador João de Deus Costa Duarte, conhecido em Roraima como “Janjão”, que morreu em março deste ano.

“Ele não sofreu muito, foram quatro dias e me falou: ‘mamãe, eu vou ser entubado, mas vou sair dessa’”, lembra. “No dia 10 de março, foi a pior notícia da minha vida, o meu neto estava aqui e a minha filha aí, eu doente, ela me deu um calmante e a pior notícia… ‘meu irmão não resistiu’”, recordou, emocionada.

 

Aos dez anos de idade, Mauricio Costa lembra com muito carinho da mãe, Débora, morta pela covid-19. “A única coisa que eu sinto falta é dela, ela era tudo pra mim e me ajudava em tudo”, narrou.

 

 

Um assunto delicado que exige jogo de cintura para lidar com as emoções alheias. O jornalista e documentarista Williams Dias descreve a experiência dos dias de gravação. “Falamos com pessoas que passam por traumas muito grandes porque perderam pais, irmãos em 20 dias, por exemplo”. Ele agradeceu a participação dos personagens que abriram o coração e dividiram histórias com a equipe da TV Assembleia. “Elas estavam ali dispostas a contribuir, a alertar para que outras pessoas não passem o que passaram”, destacou.

O documentário é material exclusivo TV Assembleia elaborado para homenagear os mortos e alertar a população para a adoção dos protocolos sanitários estipulados pelos organismos internacionais. Segundo a Sesau (Secretaria Estadual de Saúde), dados do Boletim Epidemiológico de 16 de setembro apontam 1.982 mortes por covid-19 desde março de 2020. Cerca de 125,8 mil pessoas foram contaminadas pela doença em Roraima.

“É uma forma de não deixar a população esquecer que a pandemia ainda está aí e é necessário seguir os cuidados desde o início, completar o esquema vacinal com as duas doses e lembrar das consequências que a covid pode deixar”, conta o editor-chefe da TV Assembleia, Johann Barbosa.

Todo tema escolhido para documentários na TV Assembleia leva em consideração a relevância para a sociedade. “São assuntos variados, que podem abordar as ações do Legislativo, demandas da população que chegam até nós… Levamos em consideração a importância disso para quem assiste à programação da TV. Os documentários têm um tempo mais amplo para abordagem”, explicou Barbosa.

Essa e outras produções podem ser vistas na página oficial do Poder Legislativo no YouTube (@assembleiarr). Entre as voltadas ao tema, estão “Covid-19: Um ano de pandemia em Roraima”, “TJ Roraima – acesso à Justiça na pandemia”, “Coronavírus: eu venci” e “Combate ao coronavírus no Extremo Norte”.

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Reprodução documentário

SupCom ALE-RR

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0