Pular para o conteúdo

POLO SÃO SILVESTRE
Moradores de Alto Alegre serão beneficiados com obras de afastamento e construção de pontes

O Governo do Estado autorizou neste sábado (30) a abertura do processo licitatório para o início da construção de 46 quilômetros de estradas e pontes que vão abranger nove vicinais do Polo de Produção da Vila São Silvestre, localizado no município de Alto Alegre. A previsão é que as obras comecem em 60 dias.

O presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, Soldado Sampaio (PCdoB), acompanhou o evento no município a 87 quilômetros de Boa Vista e afirmou que os moradores da região podem contar com o Poder Legislativo e emendas dele para o asfaltamento da localidade.

“Alto Alegre é um dos municípios de Roraima que mais produz. Com o comprometimento e zelo da gestão estadual, as famílias terão melhorias com esse projeto anunciado aqui. Viemos ouvir a necessidade da população e trazer atendimento para cerca de 400 famílias”, disse.

Com o apoio da Assembleia Legislativa, o Executivo levará asfaltamento para a Vila São Silvestre, chegando a BR-174. A duplicação da estrada de Alto Alegre até o Anel Viário também faz parte do pacote de obras anunciadas pelo governo.

“Nasci na roça, sei da dificuldade de estradas ruins para o produtor e por isso estamos abrindo essa licitação para melhorar o escoamento da produção. Energia elétrica, recursos de estradas de vicinais, tudo isso só é possível com o apoio do Poder Legislativo. Estamos trabalhando para melhorar a qualidade de vida de cada morador”, afirmou o governador Antonio Denarium (PP).

No decorrer da ação itinerante, a população contou com atendimentos da Defensoria Pública do Estado para a emissão de segunda via de registro civil, sentença de alimentos e divórcio. Houve ainda corte de cabelo, manicure, biblioteca itinerante para a criançada e atendimento com clínico geral.

Maria Raimunda Gomes, moradora do Polo São Silvestre há três anos, é produtora de feijão e macaxeira. Ela aproveitou para se consultar com o médico e contou que a construção da estrada na vila é a realização de um sonho. “Já tivemos muitos prejuízos após a plantação se estragar por não ter condições de passar na vicinal pelos atolamentos. Então, esse processo representa uma esperança para os produtores”.

Na ocasião, a Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Femarh) entregou o Cadastro Ambiental Rural (CAR) para 262 donos de imóveis e a Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social (Setrabes) beneficiou cerca de 300 famílias com cestas básicas do programa emergencial Cesta da Família.

Texto: Amanda Teixeira

Foto: Eduardo Andrade

SupCom ALE-RR

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0