O aposentado José do Nascimento e Silva, de 71 anos, confessou que já passou por muitas situações constrangedoras em decorrência do não cumprimento do Código de Defesa do Consumidor (CDC) por parte de empresas prestadoras de serviços e de vendas de produtos, como supermercados.

Ele foi um dos 70 idosos, integrantes do Grupo Social de Idosos e Recreação do Sesc (Serviço Social do Comércio) de Roraima, a participar de uma palestra promovida pelo Procon Assembleia, órgão de Defesa do Consumidor, na tarde desta quinta-feira (1) no auditório daquela instituição.

Com esse reforço na disseminação de informações sobre direitos e deveres na relação de consumo, agora ficará mais fácil recorrer a quem pode solucionar os problemas. “É importante que algumas pessoas tenham alguns esclarecimentos e nós estamos tendo esse esclarecimento”, falou o aposentado, ao acrescentar que não só os idosos, mas todos deveriam ter a ciência sobre a legislação.

Do mesmo pensamento compartilhou a aposentada Marlene Nobre de Oliveira, de 67 anos. Atenta as orientações do advogado do Procon Assembleia, Samuel Weber, destacou para a necessidade de todos se manterem informados para não serem enganados. “Estou conhecendo o trabalho do Procon [Assembleia] agora. Eu tenho que saber os direitos e buscar mais informações junto ao Procon”, complementou.

O ‘bate papo’, classificado assim por Samuel Weber, tem a intenção de orientar os idosos sobre os direitos versados pelo CDC e pelo Estatuto do Idoso. “O CDC casou certinho com o Estatuto do Idoso, pois ele vem reforçar o direito do idoso, com ação no direito a fila, questão de plano de saúde, diferenciação de preço por idade. Conversamos e tentamos esclarecer as dúvidas com essa turma animada aqui”, destacou o advogado do Procon Assembleia.

Weber disse ainda que, infelizmente, há uma demanda crescente com reclamações e/ou denúncias de idosos na sede do Procon Assembleia. “Algumas financeiras aproveitam a ingenuidade deles e tentam fazer venda casada de produtos, tentam empurrar produtos que não querem, a gente orienta”, disse.

De acordo com o supervisor Grupo Social de Idosos e Recreação do Sesc Roraima, Aldevan Reis, a proposta desse encontro era em deixar os idosos por dentro dos seus direitos sociais. “O Procon Assembleia favorece para que os idosos possam ter conhecimento, se empoderar sobre seu direito, principalmente, é um ganho fantástico”, falou.

O Procon Assembleia realiza esse tipo de palestra para todos os segmentos. Instituições públicas e privadas interessadas em palestras do Procon Assembleia podem entrar em contato pelos telefones 98401-9465 ou 4009-4820. Outra opção é solicitar via ofício ao endereço rua Agnelo Bittencourt, nº 232, no Centro, de segunda a sexta-feira, das 7h30 as 13h30.

Por Yasmin Guedes

SupCom/ALE-RR