Principais reclamações estão relacionadas ao fornecimento de energia elétrica; concessionária já foi notificada

O Procon Assembleia tem percorrido municípios do Interior para repassar orientações sobre direitos do consumidor e ouvir as demandas da população. Nesta segunda-feira (10), a equipe realizou uma ação em Bonfim na fronteira com a Guiana e já esteve em Amajari e São Luiz. Ao longo das visitas, a principal reclamação da população é sobre o fornecimento de energia elétrica.

Televisores e geladeiras queimadas foram alguns dos problemas relatados pelos moradores de Amajari, a 164 quilômetros da Capital. A diretora do Procon Assembleia, Eumária Aguiar, coletou os depoimentos em audiência pública na Câmara de Vereadores, na última sexta-feira (7). Ela orientou a população sobre como proceder e a quem procurar em caso de perda de bens e deu esclarecimentos sobre taxa de iluminação pública, uma das dúvidas apresentadas pela população.

Diante das situações apresentadas, a equipe deverá retornar à região para realizar atendimentos. “Especificamente na Serra do Tepequém, onde tem várias dificuldades em relação à qualidade da energia. A Roraima Energia será notificada para que preste um serviço de qualidade e equipe técnica suficiente para atender a demanda do município”.

Notificação semelhante foi feita à empresa em relação a São Luiz, a 335 quilômetros de Boa Vista. O Procon Assembleia solicitou que a concessionária garanta uma equipe fixa em São Luiz, a 335 quilômetros de Boa Vista, na região Sul do Estado. Os moradores relataram que ficam sem atendimento após às 18 h e que o atendimento é feito por uma equipe cuja base fica em Rorainópolis, a quase 100 quilômetros de distância.

Nestes municípios também estão sendo realizadas adesivagem para divulgação do telefone do Procon Assembleia (4009-4826), entrega do Manual de Defesa do Consumidor no comércio da região, e participações em palestras sobre direitos e deveres do consumidor.

Texto: Yasmin Guedes

SupCom ALE-RR