Para valorizar os artistas locais em eventos do Estado, o deputado Éder Lourinho (PTC) apresentou na Assembleia Legislativa de Roraima um projeto de lei que sugere a criação do programa Prata da Casa. A iniciativa torna obrigatório que bandas, cantores ou instrumentistas locais façam a abertura de eventos musicais que tenham financiamento público do Estado.

De acordo com a proposta, desta forma os artistas roraimenses poderão ter mais visibilidade. “Vários artistas me procuraram porque, muitas vezes, não têm a oportunidade e, das vezes que tiveram, não foram pagos, fazendo com que eles se sintam desvalorizados”, relatou Éder Lourinho.

O deputado explica que grandes eventos musicais têm sido realizados em Roraima, oferecendo entretenimento e fomentando o turismo. “Temos muitas bandas de forró, pagode, além de cantores bons para que, quando tiver eventos de grandes proporções, o Governo dê oportunidade para as bandas da casa”, informou.

Ficará a cargo da Secretaria Estadual de Cultura (Secult) cadastrar os artistas e organizar para que todos possam se apresentar no decorrer do ano em eventos realizados pelo Estado.

Texto: Jéssica Sampaio

Foto: Alex Paiva

SupCom ALE-RR