Como parte das atividades desenvolvidas durante a Campanha “Outubro Rosa”, o Chame (Centro Humanitário de Apoio à Mulher) levou uma palestra sobre violência doméstica e familiar contra a mulher, na manhã desta terça-feira (8), aos servidores do Crea-RR (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Roraima).

A advogada Carla Coelho apresentou ao público presente os serviços ofertados pelo Chame, além de levar informações sobre os tipos de violência contra a mulher, abordando a finalidade da Lei Maria da Penha. Segundo ela, a informação é a melhor forma de prevenção.

A chefe de gabinete Celeste de Souza aprovou a iniciativa do Chame. Ela destacou a necessidade da informação. “Hoje, em pleno século XXI, a mulher ainda é muito desinformada com relação aos direitos que ela tem. Muitas acham que violência doméstica é só quando ela é espancada, mas palavras também são violência”, comentou.

Conforme a psicóloga do Chame, Jane Meire, as atividades estão sendo desenvolvidas na capital e no interior. “Os órgãos estão nos procurando bastante. A nossa conversa tem sido produtiva, ministramos a palestra com o intuito de informação e, geralmente, após as palestras, abrimos um espaço para perguntas e nesse momento as mulheres expõem as suas dúvidas”, explicou.

Durante o mês, os servidores do Crea-RR terão uma programação específica com relação à Campanha Outubro Rosa. De acordo com o presidente do conselho, Wolney Parente, a parceria com o Chame é essencial. “É fundamental falarmos da importância desse mês, quando a gente relembra as mulheres sobre a importância do cuidado com a saúde. Essa parceria com o Chame facilita para todo mundo, eles vêm e passam o recado para todos”, disse.

Até o final do mês, o Chame estará realizando várias palestras no Estado. Para saber mais sobre os serviços oferecidos pelo órgão, os interessados podem procurar a instituição, que está localizada na rua Coronel Pinto, nº 524, no Centro. As pessoas que estão sofrendo algum tipo de violência, mas não desejam se identificar, também podem entrar em contato pelo Zap Chame no 98402-0502.

Texto: Jéssica Sampaio

Foto: Alex Paiva    

SupCom ALE-RR