Os membros da Comissão de Saúde, da Assembleia Legislativa de Roraima, se reuniram nesta quinta-feira (7) para deliberar projetos e, ouvir representantes da caminhada “Passos que Salvam”, evento que ocorrerá simultaneamente em várias cidades do país, no próximo dia 24, organizado pelo Hospital de Amor, antigo Hospital do Câncer de Barretos, em São Paulo.

Na ocasião, as organizadoras do evento apresentaram as principais demandas e pediram a sensibilização dos parlamentares para ajudarem na divulgação do evento. Atualmente, muitas crianças e adolescentes já chegam ao centro especializado de tratamento com o câncer em estágio avançado, um dos principais fatores que contribui para isso é a desinformação, alertaram as representantes.

De acordo com a coordenadora local do evento, Elis Paludo, Roraima é o Estado que mais encaminha crianças com câncer para Barretos e a caminhada é uma forma de alertar a população para o assunto. “Esse trabalho é para mudar o olhar da população em geral sobre o cuidado com crianças, em relação ao câncer”, destacou, enfatizando que os pacientes não possuem apoio por parte do Governo do Estado e nem do município.

Para ajudar no envio das crianças e seus familiares para o tratamento em São Paulo, as representantes fazem feijoadas e estão vendendo kits para a caminhada. Conforme a coordenadora estadual do evento, Fátima Defante, um primeiro contato é feito com o Hospital antes de encaminharem os pacientes. “Mandamos os exames por e-mail, eles fazem a avaliação e mandam o agendamento da primeira consulta, é quando a gente busca as passagens para mandarmos a criança com a mãe para iniciar o tratamento”.

Segundo o presidente da Comissão, deputado Neto Loureiro (PMB), os deputados ajudarão na divulgação do evento. “Elas apresentaram a situação, pediram ajuda junto a Comissão e a esta Casa e nós vamos fazer a nossa parte, ajudando na divulgação”. O deputado Renato Silva (Republicanos) se propôs a destinar emendas no orçamento do próximo ano para ajudar no Tratamento Fora de Domicilio (TFD) dos pacientes.

Esta será a terceira vez que a caminhada será realizada no Estado. O evento ocorre no próximo dia 24 de novembro, domingo, a partir das 8h da manhã. A concentração será na Praça Fábio Paracat.

Projetos deliberados

Ainda na reunião, os deputados relataram o recebimento do ofício encaminhado pela Sesau (Secretaria de Estado da Saúde), relacionado aos processos emergenciais abertos pelo órgão neste ano.  Os parlamentastes aprovaram ainda quatro projetos que estavam aguardado por deliberação.

Entre os projetos aprovados estava os de autoria da deputada Ione Pedroso (SD), que garante o direito das gestantes na realização do parto humanizado nos estabelecimentos de saúde do Estado e o que institui a Campanha Permanente de Esclarecimento e Incentivo à Doação de Órgãos.

Outros dois projetos como o do deputado Eder Lourinho (PTC) que cria a semana de prevenção e combate ao diabetes nas escolas públicas estaduais e a proposta do deputado Gabriel Picanço (Republicanos) que institui o Programa de Prevenção à Epilepsia e assistência integral às pessoas com epilepsia também foram aprovados na Comissão.

Participaram da reunião os deputados Neto Loureiro (PMB), Ione Pedroso (SD), Gabriel Picanço (Republicanos) e Renato Silva (Republicanos).

Texto: Jéssica Sampaio

Foto: H. Emiliano

SupCom ALE-RR