Seja encaminhados pela Justiça, outras instituições ou por vontade própria, mais de 90 homens foram atendidos pelo Núcleo Reflexivo Reconstruir neste ano, para repensarem seus comportamentos. Esta é uma das apostas da Procuradoria Especial da Mulher, da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), para combater a violência doméstica, com foco na ressocialização do agressor.

Na manhã dessa terça-feira (19) ocorreu uma reunião que finalizou os trabalhos deste ano do núcleo. Durante o encontro, os participantes assistiram duas palestras: sobre câncer de próstata e saúde bucal.

O trabalho no grupo busca mudar o comportamento que afeta tanto a família quanto os próprios atendidos, como W.N, de 34 anos, que frequenta a instituição há seis meses. Ele relembrou o quanto sua vida mudou após os encontros. “Aprendemos a lidar com nossos momentos de tristeza, de raiva e principalmente sobre como se relacionar em sociedade. Esse amparo é essencial para quem deseja recomeçar”, revelou o participante.

A Procuradora Especial da Mulher, deputada Lenir Rodrigues (Cidadania), destacou a importância do na ressocialização do agressor para interromper o ciclo de violência e proteger futuras vítimas. “Aqui eles são instigados a refletir sobre as questões ligadas a paternidade, família, autoestima, drogas e álcool e também recebem orientações sobre a saúde”, disse.

Os homens assistidos pelo Núcleo Reconstruir são selecionados por meio de outros órgãos públicos como Vara de Penas e Medidas Alternativas (Vepema), Juizado da Violência Doméstica, coordenados pelo Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR), Defensoria Pública do Estado (DPE), Abrigos de Imigrantes coordenados pela Operação Acolhida e pelo Centro Humanitário de Apoio à Mulher (Chame).

Os encontros semanais abordam temas que envolvem família, Lei Maria da Penha e saúde do homem. Além de uma conversa em grupo, os atendimentos podem ser realizados individualmente com psicólogos, advogados, pedagogos. O Núcleo Reflexivo Reconstruir está localizado na avenida Ville Roy, nº 5.717, Centro – 2º andar, sala 204. Os atendimentos acontecem das 7h30 às 13h30, se segunda a sexta-feira. Mais informações pelo telefone 3624-8473.

Texto: Sueda Marinho

Foto: Alfredo Maia

SupCom ALE-RR