Os deputados estaduais de Roraima que participaram da 23ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE) avaliaram como proveitosa a interação com parlamentares de todo o Brasil. O evento foi realizado em Salvador (BA) de quarta (20) até esta sexta-feira (22).

Um dos destaques ao parlamento roraimense foi o reconhecimento pela Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais), por meio do presidente Kennedy Nunes (PSD-SC), aos programas e projetos desenvolvidos pela Assembleia Legislativa de Roraima direcionados ao cidadão.

Para o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, Jalser Renier (SD), além de legislar, os parlamentos estaduais também devem realizar ações que beneficiem a sociedade. “Eu agradeço a deferência que o presidente da Unale fez especialmente ao nosso trabalho, às propostas e programas. Saiu aquele tom de que o Poder Legislativo se atém somente a leis”, avaliou.

A ouvidora da Assembleia Legislativa de Roraima, deputada Betânia Almeida (PV), participou do encontro de ouvidores realizado pela Conferência da Unale. Esta não foi a primeira experiência da parlamentar com a entidade legislativa. Ela esteve presente em seminários regionais o que, pra ela, foi de grande valia para o trabalho. “A gente sai daqui levando uma bagagem muito grande para o nosso Estado, principalmente no que diz respeito às nossas elaborações de projetos de leis, porque a gente verifica o que funciona nos demais estados”, frisou.

E nesse contato com outros deputados, houve a troca de informações sobre a situação de cada ente da Federação brasileira. O deputado Renan Filho (Republicanos) espera que as demandas elencadas, a exemplo da situação de imigrantes em Roraima, sensibilizem o restante do País. “Esperamos que a Unale, num futuro próximo, juntamente com o Parlamento Amazônico, chegue ao presidente da República para resolver a situação da imigração em Roraima”.

Para os participantes, a reunião foi positiva, principalmente em relação a temática humanização das leis, proposta pela Unale para 2019. Após participar da palestra com o estrategista político Antônio Sola, da Espanha, o deputado Jeferson Alves (PTB) disse que aprendeu novas formas de fazer política. “Nada mais interessante sairmos daqui com uma nova visão de como atender às demandas da população e tentar fazer uma política diferente”, pontuou.

Depois de acompanhar painéis e palestras, acompanhar apresentações de projetos e programas de outros Poderes, a deputada Tayla Peres (PRTB) disse que levará a Roraima todo o conhecimento e pediu um olhar mais atencioso dos colegas parlamentares nas execuções de projetos. “Sejamos mais humanos quando formamos uma lei, quando tiver aprovando algum projeto”.

As particularidades de cada região também são expostas neste encontro. O deputado Coronel Chagas (PRTB) ressaltou a necessidade de avaliar os “brasis” dentro do País, no que se refere às peculiaridades de casa região. “Por isso, a legislação que é aprovada no país, por um lado é bom para uma região, mas não para outra e a Unale trabalha isso de uma forma muito inteligente”.

A 23ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais reuniu mais de 1,6 mil pessoas, entre servidores e deputados de Assembleias Legislativas de todo o Brasil, com palestras e eventos simultâneos de entidades legislativas, de 20 a 22 de novembro, na Bahia.

De Roraima participaram os deputados Jalser Renier, Jeferson Alves, Lenir Rodrigues (Cidadania), Nilton Sindpol (Patri), Chico Mozart (Cidadania), Gabriel Picanço (Republicanos), Coronel Chagas, Tayla Peres, Renato Silva (Republicanos), Evangelista Siqueira (PT), Neto Loureiro (PMB), Betânia Almeida, Aurelina Medeiros (Pode), Ione Pedroso (SD), Jorge Everton (MDB) e Renan Filho.

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Jader Souza

SupCom ALE-RR