O programa Abrindo Caminhos ampliou seu leque de ações e em 2020 terá duas novas modalidades.  Na área esportiva, a novidade será o Karatê, e na área musical entrará o Violão. As inscrições começaram nesta segunda-feira (10) e seguem até as vagas serem preenchidas.

Foram disponibilizadas 50 vagas para o Karatê. As aulas ocorrerão às quartas e sexta-feiras.  Para o violão são 80 vagas distribuídas em quatro turmas. Os horários e dias ainda serão definidos, conforme a demanda de matriculados.

Atualmente, a instituição atende aproximadamente 1,8 mil crianças e adolescentes de 5 a 17 anos em atividades artísticas e esportivas só na capital. A intenção, conforme explicou a diretora do programa, Viviane Lima, é dar oportunidade para crianças que ainda não participam do programa. “Essas novas modalidades são para crianças de 7 a 17 anos. Para as pessoas que tiverem interesse em matricular os filhos, e fazer parte do programa, esse é o momento”, convidou.

Viviane explica que o Karatê foi oferecido para atender a procura dos pais pela área de artes marciais. “As turmas de Jiu-Jítsu estão lotadas. Nos destacamos em 2019 nessa modalidade de luta e, com isso a nossa demanda aumentou. Para atender o pedido dos pais, resolvemos ofertar também o Karatê”, destacou.

Na capital será a primeira vez que o programa Abrindo Caminhos ofertará aulas de violão. O professor da modalidade, Israel Mafra, explica que a didática da aula terá teoria e prática. “Primeiro vamos aprender a respeito da composição do instrumento e a linguagem das partituras, os acordes, para então começarmos aplicar na prática”, explicou.

As inscrições podem ser feitas das 8h às 12h e das 14h às 17h30, na avenida São Sebastião, nº 883, no bairro Cambará.  Para efetivar a matrícula é necessário ter em mãos cópias de RG da criança e dos pais, comprovante de residência, foto 3×4, declaração da escola e carteira de vacina.  Mais informações pelo telefone 98402-5014.

Além do Karatê e Violão, o programa Abrindo Caminhos disponibiliza, gratuitamente, aulas de Futebol, Jiu-Jítsu, Taekwondo, Ginástica Rítmica, Balé, Jazz, Teatro, Informática, Coral, Flauta e Violão.

A diretora do Abrindo Caminhos pede ainda que os pais informem detalhes da saúde da criança. “É importante  sabermos se a criança é alérgica. Se toma algum medicamento.  Aqui temos um formulário que precisa ser preenchido com atenção. A saúde e segurança das crianças em primeiro lugar”.

Texto: Sueda Marinho

Foto: Jader Souza / Arquivo SupCom ALE-RR – Lucas Almeida

SupCom ALE-RR