Mesmo com as aulas suspensas como medida de prevenção ao covid-19, orientada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para evitar aglomerações, os concurseiros não podem deixar de lado a rotina de estudos. Isso inclui estudar no mesmo horário das aulas, assistir videoaulas e trocar informações com professores.

Uma das ferramentas utilizadas pelos professores da Escola do Legislativo Cursos Preparatórios são grupos de WhatsApp. A professora Isadora Rodrigues leciona Direito Penal no preparatório de Áreas Jurídicas ofertado pela instituição. Ela garantiu que usar esta ferramenta virtual ajuda os alunos a entenderem mais o conteúdo e a trocar dados com mais praticidade. “Temos esse contato com os alunos para passar informações e discutir questões, assuntos, tudo isso através desse grupo”, pontuou a professora.

Luís Fernando Lima, professor em Direito Administrativo, falou da importância de o concurseiro ter um planejamento de estudos. “Orientamos que ele tenha um roteiro para seguir”, disse. O ambiente e a ajuda da família são essenciais no bom rendimento do estudante. Luís Fernando sugeriu até mesmo a compra de um protetor auricular para impedir que sons externos desconcentrem o concurseiro. “Concentração é algo muito importante em casa”.

LEIA MAIS: 

Entre as medidas adotadas pela Assembleia Legislativa de Roraima diante do cenário de prevenção ao covid-19 foi a de suspender as aulas da Escola do Legislativo e do programa Abrindo Caminhos até o dia 31 de março, para evitar aglomerações.  Os dois professores dão dicas para como os estudantes podem aproveitar este período de isolamento para estudar em casa:

·   Definir um horário para mais produtividade. Se a aula do cursinho for pela manhã, continue essa rotina em casa;

·   Não estude quando estiver cansado;

·    Resolva questões;

·    Anote as dúvidas;

·   Peça apoio da família para não haver interrupções no seu momento de estudo;

·    Procure um local tranquilo e iluminado;

·    Faça pausas de 10 a 20 minutos;

·   Mantenha distância de aparelhos como celular, televisores, computadores. No caso do celular, utilize-o somente no intervalo.

Texto: Yasmin Guedes

Foto: H Emiliano

SupCom ALE-RR