Nesta segunda-feira (15), os integrantes da CPI da Saúde (Comissão Parlamentar de Inquérito), da Assembleia Legislativa de Roraima, decidiram pela convocação de 18 pessoas envolvidas em processos da Sesau (Secretaria Estadual de Saúde) ligados ao combate ao covid-19.

A pedido do relator, deputado Jorge Everton (MDB), os parlamentares concordaram em priorizar estes processos, considerando a pandemia e o alastramento do covid-19. Os depoimentos serão coletados nesta quarta (17) e quinta-feira (18), às 15h, e na sexta-feira, às 9h. “Caso não seja suficiente, estenderemos para a próxima semana”, pontuou o presidente da CPI da Saúde, deputado Coronel Chagas (PRTB).

Além do presidente e do relator, participaram da reunião o vice-presidente da CPI, Nilton Sindpol (Patri), e os membros Lenir Rodrigues (Cidadania), Éder Lourinho (PTC) e Renato Silva (Republicanos). As oitivas serão transmitidas ao vivo pela TV Assembleia e pelo Facebook do Poder Legislativo (@assembleiarr).

Depois dessas oitivas, a CPI da Saúde seguirá com a convocação de mais testemunhas e envolvidos em processos da Sesau nos últimos cinco anos, além de quatro pacientes atendidos em tratamento de bucomaxilo facial e três cirurgiões dentistas, requerimentos feitos pelos deputados Renato Silva e Nilton Sindpol, respectivamente. “São mais de 40 contratos e queremos evoluir nestes requerimentos”, finalizou Coronel Chagas.

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Jader Souza

SupCom ALE-RR