Deputados estaduais solicitaram reforço no atendimento contra covid-19 para a população que vive nos municípios fora da capital, incluindo regiões como o baixo Rio Branco. A preocupação foi manifestada durante sessão virtual da Assembleia Legislativa de Roraima na tarde desta quinta-feira (25).

O deputado Renan Filho (Republicanos) contou que esteve em Normandia e relatou que os moradores da cidade e das comunidades indígena estão carentes de medicamentos e exames para tratamento contra covid-19. “Eu vi a dificuldade que o município está passando.”

O parlamentar disse que vai ao município de Caroebe nesta sexta-feira, após receber reclamações do não fornecimento de medicamentos. Ele ainda parabenizou o trabalho da CPI da Saúde (Comissão Parlamentar de Inquérito), na investigação de contratos com indícios de irregularidades mesmo durante a pandemia.

A deputada Betânia Almeida (PV) lamentou o número de 50 mil mortes por covid-19 no país, e enfatizou a importância de testes para um diagnóstico precoce dos infectados. Em Roraima, ela criticou a falta de Atenção Básica no baixo Rio Branco e na capital. “Tudo isso está sobrecarregado devido à falta de competência no caso da Atenção Básica aqui dos nossos municípios. O que vem sobrecarregando o Hospital Geral de Roraima, é justamente isso. A questão da testagem rápida, do diagnóstico precoce dessa doença.”

Na mesma linha, a deputada Catarina Guerra (SD) também solicitou um auxílio para a população no baixo Rio Branco. “Sabemos todos, que naquela região não há hospitais, testes e medicamentos suficientes.”

Para o deputado Gabriel Picanço (Republicanos) é necessária uma atenção especial das autoridades a esta população, por ser uma região de difícil acesso. “A locomoção daquele povo é muito difícil e longe. É preciso que o Governo, o secretário de Saúde e as prefeituras dos municípios tanto Caracaraí como Rorainópolis se unam, porque aquele povo está isolado.”

Já a deputada Tayla Peres (PRTB) relatou que esteve no Hospital de Campanha de Roraima e ficou feliz em conhecer a estrutura. Ela rebateu críticas nas redes sociais, dizendo que os políticos têm que acompanhar de perto e que cada alta deve ser comemorada. “Porque os verdadeiros políticos que querem realmente e se preocupam com a população, eles estão por perto.”

Covid

Ainda na sessão virtual, o deputado Coronel Chagas (PRTB), presidente da CPI da Saúde, anunciou que está infectado pelo covid-19. Por conta disso, a comissão vai analisar se vai continuar com as oitivas agendadas para os próximos dias.

“Eu vou verificar com os colegas deputados, com o vice-presidente deputado Nilton, para ver se ele pode conduzir isso. E eu na medida do possível, havendo condições, se os sintomas não forem fortes, vou acompanhando as reuniões por videoconferência.”

Texto: Vanessa Brito

Foto: Eduardo Andrade

SupCom ALE-RR