Nós precisamos ter um programa em que os especialistas formem uma rede desses centros de atendimentos.

Para minimizar problemas durante o aprendizado, bem como em toda a vida escolar de crianças com Transtorno do Déficit de Atenção Hiperatividade (TDAH), a deputada Lenir Rodrigues (PPS) construiu o projeto de lei 120/16, que cria o Programa de Diagnóstico (TDAH), para crianças matriculadas na rede pública de ensino. Segundo dados disponíveis na justificativa da proposta, cerca de 3% a 6% das crianças em idade escolar (Ensino Fundamental), apresentam hiperatividade ou déficit de atenção. O estudo feito pela deputada aponta ainda que cerca de 60% dos pacientes que apresentaram TDAH na infância, permanecem com os sintomas na vida adulta, porém em menor grau de intensidade.

“Nós precisamos ter um programa em que os especialistas formem uma rede desses centros de atendimentos, pois, muitas vezes, os educadores não têm a capacitação específica para lidar com aquele tipo de criança, e pode até prejudicar no processo de aprendizado. Este acompanhamento desde a infância é de grande relevância, só sabe que enfrenta ou já enfrentou o problema no meio familiar”, justificou a deputada.

Ela explicou também que o projeto quando aprovado e tornando-se lei, poderá perfeitamente ser implementado, pois não gera impacto financeiro ao Estado. “Na estrutura do Governo, existem grupos que fazem o trabalho, nós precisamos é unir todos esses núcleos para formar uma rede de atendimento. O hiperativo, precisa ser estimulado para canalizar as atividades de maneira correta para algo produtivo que venha trazer benefícios a ele”, defendeu Lenir Rodrigues.

Um dos artigos do projeto de lei prevê, ainda, que cada escola pública da rede estadual de ensino ofereça um espaço onde os profissionais do setor psicossocial tenham condições de acompanhar a criança diagnosticada com TDAH.

A matéria já está pronta pra votação e deverá ser apreciada em turno único, nas próximas sessões plenárias da Assembleia Legislativa de Roraima (ALERR).

 

Tarsira Rodrigues

SupCom ALERR