A ausência do ensino fundamental II, que compreende do 6º ao 9º ano, nas comunidades ribeirinhas do Baixo rio Branco, ao sul de Roraima, preocupou a deputada Aurelina Medeiros (Podemos), que apresentou ao Executivo uma indicação para que fosse instalada essa modalidade nas escolas daquela região.

Segundo a parlamentar, a ausência desses anos escolares tem impedido o desenvolvimento da vida estudantil de várias crianças. “Os alunos não estão sendo atingidos, estão sem estudar ou tem que sair da comunidade. São áreas difíceis, precisa fazer seletivo para professores”, contou. Atualmente, de acordo com Aurelina Medeiros, as crianças possuem aula até o 5º ano, fornecida pelas prefeituras das cidades do sul do Estado.

Outra indicação apresentada pela deputada, pede o destacamento de policiais militares para reforçar a segurança na sede e em vilas no município do Cantá, ao leste de Boa Vista. “Cantá, que é o quarto município em população no estado de Roraima, é um município disperso com várias vilas, com maior número de vilas e vicinais e a gente tem se ressentido bastante por causa da segurança”, disse.

Aurelina contou que os moradores de algumas vilas sofrem com a falta de segurança e crimes, como o tráfico de drogas e aliciamento de menores, questões que se agravam com o tempo. “O que a gente pede é o destacamento de policiais para, por exemplo, Vila São José, na Vila Central, que fica no início da Confiança, que são áreas com muitos problemas”, alertou.

 

Yasmin Guedes