Pular para o conteúdo

Joaquim Ruiz denuncia militar da Base Aérea de Boa Vista por crime de estelionato

O deputado Joaquim Ruiz (PTN) usou a tribuna na sessão ordinária da Assembleia Legislativa de Roraima (ALERR) desta terça-feira, 31, para denunciar uma ação criminosa praticada por um integrante da Força Aérea Brasileira (FAB), alertar a população e pedir que o alto comando da instituição militar em Roraima tome providências, urgente. O parlamentar disse que já procurou a FAB junto com o deputado Chico Mozart (PRP), mas que não foi recebido pelo comandante.

Segundo Ruiz, o militar está agindo como estelionatário e já teria enganado mais de 30 famílias além de empresas de renome no Estado, atuando na área imobiliária. “Ele já extorquiu entre empresas e famílias mais de R$ 5 milhões. Pela credibilidade da farda que usa, muitas famílias acreditaram nele. O mais absurdo é que esse cidadão conseguiu três meses de licença médica, atestado assinado pelos médicos da Base Aérea, alegando estar com problemas psíquicos. Ocorre que durante este período de licença médica enganou mais de 12 famílias. Isso é grave, muito grave!”, contou o parlamentar.

Conforme o parlamentar, muitas famílias já denunciaram ao Ministério Público do Estado (MPRR). “Ele usa uma empresa com o nome RWA, que também enganou mais de 300 trabalhadores, entre pedreiros, auxiliares de pedreiro, carpinteiros, gente que trabalhou nas várias obras que a empresa dele estava fazendo, foram enganados porque ele não pagou a diária. Ele pegou o dinheiro das pessoas e não pagou fornecedores e trabalhadores”, relatou Ruiz.

Essa mensagem, disse o deputado, é um alerta para toda a população, para que não haja uma próxima vítima, já que a Aeronáutica ainda tomou uma posição enérgica. “Quando procuramos o comandante da Base é porque queríamos relatar esses fatos. Não quero acreditar que o alto comando da Base Aérea de Boa Vista está passando a mão na cabeça deste pilantra, que está extorquindo as famílias de Boa Vista. Várias famílias já denunciaram, mas ainda não vi uma posição firme da Base Aérea. É lamentável que um sujeito desse nível fique mostrando para a opinião pública tudo que não presta, de uma corporação extremamente respeitada, cujo trabalho social e de segurança das nossas fronteiras é do maior nível”, afirmou Ruiz.

O deputado Naldo da Loteria (PSB) endossou o discurso lembrando de outro caso semelhante, praticado por militar da Base Aérea, ocorrido no Estado, e que caiu no limbo do esquecimento. “Temos o caso de um militar engenheiro e que nunca a Base Aérea tomou providência. Pode ter certeza que a providência vai ser transferir o militar para outro Estado da Federação, para que ele possa cumprir o resto da missão, depois entra para a reserva, e volta a praticar tudo de novo. Faço aqui um apelo ao comandante da Base Aérea, que espero ser um homem sério, que não esconda os seus colegas atrás da farda. Seja Homem!”, pediu Naldo.

Marilena Freitas

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0