Encontro foi mediado por uma psicóloga e pela assistente social do Programa Abrindo Caminhos, com orientações para reforçar o vínculo familiar

Os pais dos alunos inscritos no programa Abrindo Caminhos, no Núcleo da Assembleia Legislativa de Rorainópolis, trocaram experiências sobre comportamento e a importância do vínculo familiar para o desenvolvimento de crianças e adolescentes. A psicóloga e a assistente social do programa mediaram a conversa.

O encontro foi realizado na tarde desta sexta-feira (17), no núcleo do Poder Legislativo no município, a 321 quilômetros de Boa Vista, com a psicóloga Camila Sales e a assistente social Leila Melo. O programa Abrindo Caminhos atende crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos.

“A roda foi aberta aos pais para falarmos da importância da participação deles na saúde mental das crianças e oferecer dicas, ferramentas para melhorar o comportamento e para ter crianças com desenvolvimento saudável”, explicou Camila Sales.

O fiscal de obras Francisco Vagner, disse que a roda de conversa foi muito proveitosa, e que espera que sejam promovidas outras, porque isso proporciona um melhor diálogo com o filho Pedro, de seis anos, aluno de jiu-jítsu. “Desde que ele começou a participar do programa, apresentou muito mais disciplina em casa e na escola”, disse.

Outros pais relatara disseram que conseguiram observar alguns pontos falhos em si mesmos e que devem ser trabalhados para melhorar a educação dos sua filhos.

Servidores

Pela manhã foi a vez dos servidores do núcleo passarem por orientação para melhorar o relacionamento com as crianças, com informações sobre como lidar com crianças com algum tipo de deficiência, por exemplo. “Eles pediram suporte para saber como lidar com crianças com necessidades específicas, como suspeita de autismo, hiperatividade, algumas demandas que precisam de atenção, então a conversa foi nesse sentido”, explicou Camila.

O Núcleo da Assembleia Legislativa em Rorainópolis funciona na rua Maranhão, sem número, no Centro, com aulas de inglês, espanhol e informática, nos níveis kids e básico pela Escola do Legislativo, e com balé, jiu-jítsu e oral, por meio do programa Abrindo Caminhos.

Texto: Yasmin Guedes

SupCom ALE-RR