Nove atletas do Programa Abrindo Caminhos, da Assembleia Legislativa de Roraima, participaram de uma competição oficial pela primeira vez. A estreia foi no Torneio Estadual de Ginástica Rítmica, promovido pela Federação de Ginástica Rítmica neste domingo (24), nas modalidades mãos livres, corda, fita e bastão.

Sapatilhas, brilhos e sorriso no rosto compuseram o look de Alana Costa, ginasta de 13 anos, aluna do Programa Abrindo Caminhos, que conquistou o terceiro lugar na categoria juvenil. Foi necessário apenas um minuto para que a atleta conquistasse os jurados. Para Alana, essa vitória é apenas a primeira de muitas nesta jornada esportiva. “Eu tenho capacidade para conseguir mais. Continuarei treinando para conquistar o primeiro lugar”, afirmou.

Emocionado o pai da atleta, Bráulio da Costa, disse que o Programa Abrindo Caminhos tem sido muito importante para a filha, que sonha em seguir a carreira de ginasta profissional. “O programa realmente abre caminhos, só tenho a agradecer pelo apoio dado a minha filha. O trabalho que desenvolvem lá, se traduz aqui, com essa medalha”.

Luany Ananias é do município de Alto Alegre e apesar de não ter conquistado uma medalha, disse que a apresentação foi importante para prepará-la para o Torneio Regional, que ocorrerá em Manaus no mês de julho. A atleta disputou na modalidade corda e mãos livres. “Tudo é aprendizado, eu e minhas colegas vamos nos preparar ainda mais. Vamos trazer muitas medalhas de lá”, destacou.

Para a professora de ginástica rítmica do Programa Abrindo Caminhos, Iraima Bríglia, o campeonato proporciona experiências sobre o funcionamento de uma competição. “Desde fevereiro, estamos focando no treinamento das meninas.  Tenho certeza que em Manaus vamos levar o nome de Roraima ao pódio”.

Texto: Sueda Marinho

Foto: Alex Paiva

SupCom ALE-RR