O campeão mundial de jiu-jítsu Lucas ‘Hulk’ Barbosa ministrou no programa Abrindo Caminhos, na manhã desta segunda-feira (1º), um workshop sobre o esporte para alunos, professores e convidados.

Aproximadamente 40 pessoas foram para o tatame colocar em prática os ensinamentos ministrados pelo atleta. Cada participante colaborou com quatro quilos de alimentos não perecíveis, a serem destinados para famílias de alunos inscritos no Abrindo Caminhos.

Lucas Hulk apresentou a eles técnicas utilizadas em competições nacionais e internacionais, como exercícios usando leg drag (é uma das técnicas mais usadas para passar a guarda) e passagens de guarda cruzando o joelho.

O roraimense ficou conhecido como Lucas ‘Hulk’ há seis anos, quando saiu do Estado para morar no Rio de Janeiro. Ele treina o esporte desde os 14 anos e hoje, aos 27, ele treina nos Estados Unidos e já colheu vários frutos de seus sonhos. “Um garoto de Roraima que teve sonho alto e acreditou. Sou campeão Panamericano, Mundial e Europeu e entre outros, campeão com quimono e sem quimono”, disse orgulhosamente.

Para o workshop, o atleta levou os métodos utilizados por ele nas competições, mas o principal foi a interação com outros homens e mulheres dedicados ao jiu-jítsu. “Esse aulão é uma base mesmo de interagir com a galera do programa e mostrar um pouco de como eu dou aula e também de atualizar um pouco essa galera do jiu-jitsu roraimense”.

Inspiração

Atento a cada detalhe, o aluno Felipe Bruno, de 16 anos, falou sobre a expectativa no esporte e que estes tipos de informações o ajudarão a melhorar o desempenho. Quando eu era pequeno eu sempre assistia às lutas pela televisão e comecei a procurar um lugar para treinar e o Abrindo Caminhos me ajudou bastante”.

Matriculado no jiu-jítsu do programa Abrindo Caminhos desde o início deste ano, Felipe Bruno, que é faixa azul, acrescentou que o esporte tem mudado a vida dentro e fora do tatame. “Na escola eu era bagunceiro e [hoje] as notas começaram a subir”, disse, ao afirmar que assimilou a disciplina, uma das regras do jiu-jítsu.

O programa Abrindo Caminhos em Boa Vista atende a aproximadamente 400 meninos e meninas, entre 5 a 17 anos, na modalidade conduzida pelo professor Bruno Romão. A participação de ‘Hulk’, destacou a diretora do programa, Viviane Lima, será como referência e incentivo para outros atletas. “Influencia de uma forma bem positiva. Temos alunos aqui que estão conosco desde o início, aproximadamente três anos, temos alunos recentes, mas que já vemos o interesse que eles têm pelo programa”.

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Eduardo Andrade

SupCom ALE-RR