Após receberem denúncias sobre suposta irregularidade na contratação de empresas para reformas nas Cadeias Públicas e complementação do sistema de abastecimento de água no bairro Cidade Satélite, os deputados da Comissão de Obras, da Assembleia Legislativa, decidiram notificar a Seinf (Secretaria Estadual de Infraestrutura) para obter mais informações. A deliberação ocorreu durante reunião na manhã desta segunda-feira (9).

Segundo o presidente da Comissão, Renato Silva (Republicanos), posteriormente, o titular da Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinf), Edilson Lima, deverá ser chamado para fornecer mais informações. “Nós encaminhamos uma solicitação da cópia desses três processos, nos quais há denúncias de que houve favorecimento, e não existe exigibilidade emergencial para que possa ter sido feito dessa forma”, disse.

A reunião contou ainda com a presença dos deputados Neto Loureiro (PMB) e Tayla Peres (PRTB). Outro assunto discutido foram dois projetos de lei, aprovados pelo grupo. O primeiro trata da proibição de atos de manifestação em vias públicas, caso possa caracterizar perigo ou obstáculo para a segurança e trânsito.

Para garantir a segurança daqueles que utilizam o transporte público, a outra proposta aprovada é para que haja a identificação visível do motorista, contendo informações como o nome, RG, CPF e CNH. As matérias seguem para deliberação em plenário.

 

Texto: Bárbara Araújo

Foto: Alfredo Maia

SupCom ALE-RR