Diante da divulgação do primeiro caso suspeito do coronavírus (COVID-19) no Estado, a Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) adotou medidas urgentes para minimizar as chances de transmissão na instituição. À princípio, as sessões plenárias ordinárias estão mantidas, porém os protocolos de higiene estão sendo reforçados na Casa.

Nesta sexta-feira (13), a Casa Legislativa emitiu um documento informando as orientações aos servidores e parlamentares. “O presidente Assembleia Legislativa, Jalser Renier, determinou que medidas administrativas fossem adotadas, conforme é orientado pelo Ministério da Saúde. Emitimos um memorando circular para que todos os colaboradores, assessores e deputados tenham conhecimento”, explicou o superintendente geral da ALE-RR, Marcelo Lopes.

Os servidores foram orientados a reforçarem a higienização das mãos e de suas estações de trabalho; quando necessário, usar lenços de papel e fazer o descarte adequado; evitar compartilhamento de copos, talheres entre outros, manter os ambientes arejados por ventilação natural; evitar aglomerações de pessoas e cobrir o rosto ao tossir ou espirrar.

Além da campanha de orientação, o superintendente informou que já foi reforçado o estoque de álcool em gel para os setores da Casa Legislativa. Os servidores foram orientados ainda a terem atenção a colegas que apresentem febre, tosse e coriza, os quais deverão ser orientados a buscarem atendimento médico imediato. Em casos suspeitos, as autoridades sanitárias serão comunicadas imediatamente. “Os cuidados serão amplamente divulgados pelas redes sociais e pelo site da Assembleia Legislativa. Nosso setor de Comunicação vai orientar a população sobre as medidas do Ministério da Saúde, para que todo mundo tenha os mesmos cuidados”, pontuou.

As sessões plenárias ordinárias da Assembleia Legislativa, que ocorrem às terças, quartas e quintas-feiras, não serão suspensas à princípio, no entanto, caso ocorra mudança no cenário epidemiológico, outras medidas de prevenção e controle podem ser adotadas.

Sintomas

Coronavírus (CID10) é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. As investigações sobre as formas de transmissão, ainda estão em andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa, são por gotículas respiratórias ou secreções como gotículas de saliva, espirro, catarro e, contato pessoal próximo como toque ou aperto de mão. Os principais sintomas até o momento são: febre, tosse e dificuldade para respirar.

Principais formas de prevenir o contágio:

– Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.

– Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.

– Evite aglomerações se estiver doente.

– Mantenha os ambientes bem ventilados.

– Não compartilhe objetos pessoais.

Texto: Vanessa Brito

Foto: Arquivo/Lucas Almeida

SupCom ALE-RR