Com o distanciamento social, houve um aumento no número de reclamações dos consumidores sobre os serviços de telefonia e internet ao Procon Assembleia nos últimos meses. Entre as queixas mais frequentes estão as quedas de conexão, e muitos usuários não sabem que podem solicitar desconto na fatura pelo serviço não prestado.

 

Segundo os dados do Procon Assembleia, no mês de janeiro, foram registrados 15 atendimentos sobre internet. Este número mais que triplicou em abril, passando para 47. No mesmo período, no serviço de telefone, as reclamações aumentaram de 26 para 39. Desde o começo do ano, a instituição já realizou cerca de mil atendimentos, destes, 20% são referentes a estes serviços, que lideram no ranking de reclamações da população roraimense.

 

Uma das situações que deixam muitos consumidores insatisfeitos são as quedas de internet. O diretor do Procon Assembleia, Jhonatan Rodrigues, explica que a empresa deve compensar o consumidor pelo serviço não utilizado. “É bom lembrar a população que em caso de interrupção de fornecimento que não seja o programado, o consumidor tem direito de reaver esse desconto na sua fatura de serviço”.

 

Referente ao serviço de telefonia, a principal reclamação são as cobranças indevidas de pacotes não contratados pelo cliente. O diretor enfatiza que o consumidor deve contestar esses valores registrados nas faturas com a empresa. “Lembrando-se sempre que é dever do fornecedor informar todos os valores e os serviços que estão sendo disponibilizados ao consumidor.”

 

Se o consumidor tiver dificuldades para resolver essas situações ou tem outras dúvidas, pode conversar com a equipe do Procon Assembleia, por meio dos telefones 4009-4826 ou (95) 98401-9465, das 9h às 14h, de segunda a sexta-feira. Atualmente o atendimento presencial está suspenso, como medida de proteção em razão do Covid-19.

 

Texto: Vanessa Brito

Foto: Jader Souza

SupCom ALE-RR