Pular para o conteúdo

Assembleia Legislativa entrega Moção de Aplausos à União do Vegetal

Momentos de emoção marcaram a solenidade de entrega da Moção de Aplausos ao Centro Espírita Beneficente União do Vegetal (UDV), nesta quinta-feira (22). A homenagem é de iniciativa da deputada Lenir Rodrigues (Cidadania) pelo reconhecimento à passagem de aniversário da organização religiosa, que completa 60 anos nesta data, dedicada também à comemoração do Dia Estadual da Paz e da Conciliação.

A data comemorativa foi instituída pela Lei nº 798 de 10 de janeiro de 2011, de autoria do ex-deputado Zé Reinaldo, membro da entidade religiosa que comemora esse ano, 37 anos de instalação em Roraima.

A cerimônia ocorreu no Plenarinho Valério Magalhães e contou com a presença do delegado-geral, Herbert Amorim Cardoso, representando o governador do Estado, Antonio Denarium (sem partido), o ex-deputado Zé Reinaldo, dos mestres e membros da entidade.

A solenidade foi conduzida pela deputada Lenir Rodrigues. Após a execução do Hino Nacional foi exibido um documentário sobre a criação da entidade religiosa. Lenir Rodrigues exaltou a comunidade religiosa e o trabalho social desenvolvido pelos membros.

“É muito importante comemorar o dia da paz e da conciliação desta Lei. Precisamos cultivar a paz em nossas relações. Hoje é um dia importante para a Assembleia Legislativa dizer que não deixamos a Lei ser letra morta. A lei tem vida e tem que estar na vida das pessoas. Agradeço o trabalho social importante que essas pessoas realizam na vida do outro, praticando o amor ao próximo”, afirmou.

O delegado-geral, Herbert Amorim Cardoso, desconhecia a essência da religião e acompanhou com alegria a entrega da Moção. “Fiquei encantado com o trabalho, pois não tinha conhecimento do que eles fazem, os seus princípios e sua filosofia da paz. Praticando o amor, você evita um conflito, evita um processo na justiça e evita o cumprimento de uma pena no sistema penitenciário. Se não fosse por esse dia, eu não teria conhecido esse lindo trabalho”, revelou.

HISTÓRICO

O exemplo de amor e compaixão é vivido diariamente por Antônio Chaves Quincó, mestre assistente da Central da 16ª região, em Boa Vista. Ele relata com orgulho a atuação da entidade na capital. “O papel da UDV é elevar o ser humano ao mais alto nível da evolução espiritual. É um trabalho lindo, do qual tenho orgulho de fazer parte. Sem amor, não conseguimos evoluir. Amar ao próximo como a si mesmo é nossa filosofia”, destacou.

A União do Vegetal (UDV) é uma religião de origem brasileira, oriunda da região Amazônica, e já existe em 10 países. A UDV busca a evolução espiritual por meio da doutrina de orientação e aconselhamento para a prática do bem, possibilitando àqueles que a frequentam, a oportunidade de aprimoramento da conduta ética e moral.

O Estado de Roraima foi o segundo a instituir a Lei da paz e da conciliação, criado pelo ex-deputado Zé Reinaldo. Ele conta com emoção a trajetória da entidade que há 37 anos está instalada no Estado.

“A União Vegetal tem uma história de amor, e há mais de 30 anos vem realizando um trabalho cheio de amor. Agradeço ao mestre Gabriel, criador da religião. Ele é o caminho da paz, da luz e do amor. Considero a Lei importante para divulgar a compaixão em todos os corações”, relembrou.

Em âmbito nacional, a data também foi instituída em 2011, reconhecendo a importância do serviço prestado pela UDV. A sede geral da União Vegetal é localizada em Brasília e em Roraima, cinco núcleos desenvolvem o trabalho da busca pela evolução espiritual e ações beneficentes.

Texto: Kátia Bezerra

Fotos: Marley Lima

SupCom ALE-RR

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0