Pular para o conteúdo

LUTO NA ARTE
Assembleia Legislativa aprova moção de pesar pela morte do artista plástico Jaider Esbell

Deputados da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) aprovaram uma Moção de Pesar ao artista Jaider Esbell, de 41 anos, encontrado morto em seu apartamento em São Paulo nesta terça-feira (2). Indígena da etnia Macuxi, ele nasceu em Normandia, na região onde hoje é a Terra Indígena Raposa Serra do Sol, tendo vivido lá até os 18.

A moção partiu da Frente Parlamentar de Cultura, da qual fazem parte os deputados Evangelista Siqueira (PT), Lenir Rodrigues (Cidadania), Yonny Pedroso (SD), Betânia Almeida (PV), Catarina Guerra (SD), Nilton Sindpol (Patri), Tayla Peres (PRTB), Soldado Sampaio (PCdoB), Jeferson Alves (PTB) e Jânio Xingu (PSB).

A deputada Lenir Rodrigues lamentou a morte do artista, relembrando que ele estava no melhor momento da carreira, com uma bolsa para estudar na França, além de estar com obras em uma exposição no Museu de Arte Moderna (MAM), como parte da Bienal de São Paulo.

 

“A cultura fica órfã de um artista e neste momento nos solidarizamos aos colegas de profissão, familiares e amigos por esta perda irreparável”, disse a deputada Lenir.

 

Os deputados Jeferson Alves e Evangelista Siqueira também se posicionaram e afirmaram que Roraima perde com a morte de Jaider Esbell, que prestou grande contribuição à cultura, com obras que retratavam questões ecológicas, socioculturais e políticas.

“Nós agradecemos pelos préstimos que o artista deixa, pelo seu legado de amor a essa terra e luta pela causa indígena, por meio de artes, de forma transcrita, falada, pintada e reflexiva”, destacou o deputado Evangelista Siqueira, presidente da Frente Parlamentar

Jaider Esbell nasceu na Terra Indígena Raposa Serra do Sol, no Município de Normandia, a 189 quilômetros de Boa Vista. Ele era reconhecido como um dos principais representantes da arte indígena contemporânea. A causa da morte ainda não foi confirmada. Lideranças indígenas, artistas e ativistas prestaram homenagem ao pintor.

Texto: Amanda Teixeira

Foto: Marley Lima e Tiago Orihuela

SupCom ALE-RR

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0