Pular para o conteúdo

DIA DO RADIALISTA
Assembleia Legislativa presta homenagem aos profissionais que atuam na Rádio 98.3

Neste domingo (7), celebra-se o Dia do Radialista, data instituída pela Lei Federal 11.327 de 2006. E a Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) faz parte desse momento ao prestigiar profissionais que atuam numa emissora com pouco mais de seis meses de existência, mas que já faz parte da rotina do roraimense: a Rádio Assembleia 98.3.

Transmitida na mesma frequência da Rádio Senado FM, a 98.3 FM prioriza as sessões deliberativas e plenárias, além das ações parlamentares. São quatro horas de programação local eclética e muito diversificada, incluindo transmissão ao vivo dos debates e votações no plenário e comissões permanentes da Casa, divulgando também a cultura local, podendo ser acessada ainda pelo site https://al.rr.leg.br. 

“A Rádio Assembleia evoluiu bastante nesse pouco tempo desde que foi instalada e isso é resultado de um trabalho em conjunto da Superintendência de Comunicação com os parlamentares, e que tem total apoio desta Mesa Diretora. Vamos expandir ainda mais nossa rede de comunicação para que o cidadão tenha conhecimento do que o Legislativo vem desenvolvendo no Estado ao longo desses 30 anos”, ressaltou o presidente do Poder Legislativo, Soldado Sampaio (PCdoB).

A superintendente de Comunicação da Assembleia Legislativa, Sônia Lúcia Nunes, destaca a importância da programação da emissora e afirma que a Casa cumpre o papel de manter a sociedade bem informada e por dentro das ações do Parlamento.

“A rádio surgiu para ser mais um canal de comunicação para o cidadão roraimense. Assim, ele pode acompanhar o que cada parlamentar está fazendo em prol da população, proporcionando uma prestação de contas, de forma clara e transparente. Temos uma equipe dedicada e que busca, diariamente, a melhor informação para a sociedade”, afirmou.

Dedicação e profissionalismo

Para celebrar o Dia do Radialista, a ALE-RR traz um pouco da história dos responsáveis pelos programas da Rádio Assembleia e conta a relação deles com a emissora. Angra Soares, de 37 anos, é um desses profissionais. Ela conduz o programa de notícias “Diário do Parlamento”, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 11h30.

Angra teve a primeira experiência com o rádio quando ainda cursava o segundo semestre de Comunicação Social – Jornalismo, há 15 anos. Ela também apresenta o “Informe Parlamentar”, que vai ao ar às segundas, quartas e sextas, às 10h, em parceria com a Rádio Roraima.

“O rádio é uma paixão que não tem como descrever. Fiquei encantada desde o primeiro contato que tive na faculdade. É uma magia. Mesmo com a chegada da internet, o rádio não perdeu o encanto, as pessoas ainda escutam e sempre vão ouvir”, disse.

Da turma de profissionais da Rádio Assembleia, Ellen Ferreira é a mais nova em tempo de atuação. O primeiro contato dela com este meio de comunicação foi há dez anos. Ellen migrou de uma carreira de muitos anos como apresentadora de TV, mas afirma que foi onde conseguiu se sentir à vontade. Ela apresenta o “Parlamento de Ponta a Ponta”, das 9h às 11h30.

“O grande diferencial da rádio é a espontaneidade, a possibilidade de interagir com o ouvinte por meio das redes sociais e WhatsApp. Além de ser um meio em que me sinto leve e muito satisfeita”, confessa.

Waldenir Bentes está à frente do “Domingo Esportivo” na companhia de Bernardo Silva, das 10h às 12h. Bentes é radialista há 36 anos. Começou por acaso, quando um colega saiu de férias e ele, aos 18 anos, o substituiu, na cidade de Santarém, no Pará.

 

“Estamos vivendo uma ascensão do futebol roraimense e é gratificante fazer parte dessa história, e atuar na Rádio Assembleia. Além do entretenimento, nós somos a ponte de quem trabalha no esporte, de quem milita, e fazemos essa ligação com a participação popular e o Poder Legislativo.”

Já Bernardo Silva tem 32 anos de experiência no rádio, iniciou a carreira quando morava no Estado do Piauí, sempre foi atuante na área de esportes e afirma que tem o prazer de participar da programação da Rádio Assembleia.

Josué Araújo é quem comanda o programa “Revista Musical”, que passa das 9h às 12h, aos sábados, com muito entretenimento, bate-papo e muita música. O profissional é radialista há 35 anos e conta que desde muito jovem tinha curiosidade pelo meio de comunicação. Ele teve oportunidade de ser locutor de carro de som e conhecer outras emissoras de rádio, tendo atuado, inclusive, no interior.

“Trabalhar no Poder Legislativo significa muito, principalmente por estar fazendo o que eu amo, comunicar e mostrar o trabalho da Casa Legislativa para o povo”, destaca.

Antônio Sousa revelou que desde criança ouvia rádio. Ele morava no interior e acordava às 3h, quando o pai se levantava e já ligava o rádio para começar o dia. Foi assim que o amor pelo meio de comunicação nasceu. Sempre curioso, Antônio foi narrador de esportes e apresentador. Chegou a passar quase um ano longe das ondas da rádio devido a uma doença, mas superou as dificuldades e teve o prazer de retomar a profissão para atuar na Casa Legislativa.

O radialista apresenta o programa diário “Música que a gente gosta”. “Quando lembro que fiquei sem fazer rádio, recordo que me sentia como um peixe fora d’água. Eu não sou nada sem o rádio”, afirma, cheio de emoção e com lágrimas nos olhos. Ele lembra ainda, emocionado, que foi o primeiro locutor a falar na Rádio Assembleia.

Texto: Amanda Teixeira

Foto:

SupCom ALE-RR

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0