Pular para o conteúdo

AVANÇOS E NECESSIDADES Presidente da ALE-RR recebe técnicos da Aderr e reforça atuação parlamentar em prol do setor produtivo

O presidente da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), deputado Soldado Sampaio (Republicanos), recebeu nesta quinta-feira (30) técnicos da Agência de Defesa Agropecuária de Roraima (Aderr). No encontro, os representantes abordaram os avanços dos últimos quatro anos e apresentaram as necessidades da autarquia.

Sampaio disse que os números divulgados revelam a necessidade de intensificar a segurança sanitária. Por isso, pretende levá-los ao conhecimento dos deputados e fortalecer a atuação do Parlamento em prol do setor produtivo. O presidente do Legislativo também destacou os impactos na economia de Roraima.

Nosso crescimento econômico dos últimos anos se deu, em especial, por causa do setor produtivo. Portanto, existe uma consciência por parte dos deputados, e todas as demandas que chegaram até a Casa tiveram celeridade. Já estamos discutindo os próximos passos: alocação de recursos no orçamento de 2024, construção da sede da agência e valorização dos servidores públicos”, comentou.

A Aderr foi criada em 2008, por meio de lei aprovada pela Assembleia. Em 8 de abril, completa 15 anos de atuação, e a Casa Legislativa pretende realizar uma sessão especial referente à data em 13 de abril.

Resultados

Os técnicos apresentaram dados importantes sobre a agricultura familiar. O Estado tem, por exemplo, 200 mil hectares de plantio de grãos, como soja e milho, e abastece o Amazonas com cerca de duas mil toneladas de produtos por mês, entre bananas, pescados e citros. A instituição busca parceria para levar assistência técnica ao campo e potencializar as produções, como a cultura do cacau na região Sul.

Além disso, Roraima deve superar 1,2 milhão de cabeças de gado durante a vacinação contra a febre aftosa em abril. Conforme o relatório divulgado, 99% do rebanho está protegido contra a doença e o Estado estuda medidas para conseguir o selo livre de febre aftosa sem a vacinação.

Os técnicos expuseram ainda a necessidade de aprovar um projeto de lei que autorize a Aderr a emitir o selo de inspeção vegetal. Segundo o presidente da agência, Marcelo Augusto Parisi, a minuta está na Casa Civil e deve ser enviada para apreciação da Assembleia Legislativa nas próximas semanas. Ele explica que se trata de uma garantia de controle de qualidade do processo de produção.

Isso vai permitir que façamos esse trabalho com todo o produto de origem vegetal no Estado. Temos uma alta demanda para polpas de frutas, mas que ainda é competência do Ministério da Agricultura. Assim que aprovada a lei, vamos pedir ao ministério o declínio dessa competência e chegar mais próximo aos produtos, para que ele consiga o selo e comercialize o produto”, declara.

Hoje, a Aderr faz o controle de entrada e saída de veículos das lavouras para evitar pragas e prejuízos à saúde pública. Também fiscaliza o uso de agrotóxicos para evitar danos ao meio ambiente, uma atribuição garantida pelos deputados, por meio da aprovação de lei específica.

Texto: Josué Ferreira

Foto: Nonato Sousa

SupCom ALERR

Compartilhar

Arquivos

banner assembleia 125x125

Notícias Relacionadas